Contos de Sexo - Sites de Contos Eróticos » Travestis » Arrombado por um travesti pauzudo

Arrombado por um travesti pauzudo

1 vote

Oi caros leitores, esse conto é verídico, sou moreno, 1.80, magro, 35 anos, 18cm. O que vou contar realmente aconteceu comigo a 2 anos atras. Sempre tive vontade de transar com um travesti, mas nunca tinha achado a travesti certa.

Uma certa vez sai de viajem a trabalho e tive que passar o fim de semana em outra cidade. Então entrei num site de acompanhantes local, foi quando achei essa travesti linda, loira, alta, um corpo escultural e 23cm muito grosso, fiquei cheio de tesão. Então resolvi ligar e marcar um encontro com ela.

Marcamos de nos encontrar em um Motel perto de onde eu estava hospedado, cheguei primeiro, depois de uns 15 minutos ela chegou, que travesti linda, ao vivo ela era mais linda ainda.

Arrombado por uma linda e gostosa travesti

Ela entrou e logo me agarrou e me deu um beijo maravilhoso, ficamos nos beijando por uns 10 minutos e então tirei seu vestido ela ficou só de calcinha, chupei aqueles peitos grande e perfeitos e fui descendo até seu cacete, quando tirei sua calcinha aquele cacete enorme pulou na minha cara, que pau magnifico, grande, grosso com a cabeça rosada, cheio de veias.

Eu comecei a lamber ele todo e abocanhei sem cerimonia, que delicia eu chupava com força e ela gemia, me mandando mamar gostoso, me chamando de sua puta e me dizendo que iria me arrombar todo, fiquei louco de tesão, meu cu piscava.

Chupei aquele cacete por uns 20 minutos, até que ela me levantou me beijou e começou a tirar minha roupa e me chupar também. Quando ela tirou meu cacete da boca e se levantou p me beijar, eu peguei ela pelo pau e fomos pra cama num 69 magnifico.

Depois de uns 10 minutos ela me mandou ficar de quatro, obedeci na hora, ela então me deu um tapa na bunda e meteu a língua no meu cu, fui ao delírio, ela lambeu, chupo, beijou meu cu por uns 15 minutos, ate que eu não aguentava mais de tesão e pedi para ela sentar na beirada da cama por que eu queria sentar naquele mastro lindo, coloquei a camisinha com a boca, lambuzei meu cu e o pau dela com um gel, coloquei a cabeça de seu pau na entrada do meu rabo e fui sentando devagar, quando a cabeça entrou eu vi estrelas que dor e que tesão ao mesmo tempo, fiquei ali imóvel, esperando me acostumar e depois fui sentando bem devagar ate ele entrar todinho em mim.

Que loucura, uma mistura de dor e tesão incontrolável. Então comecei a rebolar naquele pau grande e subir e descer devagar ate me acostumar. Depois de uns minutos já estava pulando naquele cacete maravilhoso, foi então que 5 minutos depois eu gozei feito um cavalo sem colocar a mão no meu pau, quase desmaiei de tanto tesão. Então me levantei e quando o pau dela saiu de dentro de mim senti um vazio imenso no meu rabo, já estava todo arrombado.

Ela me colocou de quatro e enfiou aquela tora todinha em mim de novo, eu gemia, gritava de tanto tesão que loucura.Ela começou a acelerar o movimento de vai e vem e me foder com força. Ela bombava meu cu com força e rápido, não aguentei gozei de novo sem por a mão no meu pau. Ela continuou metendo então eu deitei na cama e ela sem tirar de dentro deitou em cima de mim e continuou a comer com força, isso durou uns 30 minutos até ela dizer que queria gozar. Eu pedi para ela gozar na minha boca.

Então ela saiu de dentro de mim e tirou a camisinha e ficou de pé na cama eu me ajoelhei e enfiei aquela tora na boca e ela começou a foder minha boca até que soltou um urro delicioso e gozou jatos e jatos de porra na minha garganta, tirei da boca p engolir e ela continuou gozando lambuzando minha cara toda. Que delicia fiquei com a cara toda melecada de porra. Então coloquei o pau dela na boca de novo e continuei chupando ate a ultima gota.

Ai o inesperado… ela tirou o pau já mole da minha boca e lambeu meu rosto to melecado de porra, aquilo me levou ao delírio de tesão.

Nos beijamos muito, depois fomos para o chuveiro tomar um banho. Depois nos despedimos e ela foi embora, eu fiquei ali no Motel por mais um tempo até me recompor e conseguir ir embora, com certeza foi uma das melhores trepada da minha vida.

Contos de Sexo Relacionados

Deixe seu comentário