Aventura sexual com um casal liberal: Dois Homens e 1 Mulher

2 votes

Olá , Moro em São Paulo ,Tenho 36 anos e sou casado, adoro mulher, mas vou contar uma fantasia sexual que eu adoro.

Após um dia cansativo de trabalho, fui para um barzinho beber um pouco e relaxar antes de ir para casa, estava em pé no balcão bebendo minha cervejinha quando de repente ,vejo uma Mulher ,cabelos compridos, com uma bunda maravilhosa e se dirigia a uma mesa nos fundos do bar , não consegui tirar os olhos dela… Ai me surpreendi com o Rapaz acenando para mim até que escutei ele me chamar pelo nome, então o reconheci ,era um amigo que tinha estudado comigo no ginásio e naquela época tinha sido um grande amigo. Me dirigi a sua mesa e o cumprimentei e fiquei sabendo que aquele monumento era a sua esposa.

Me Sentei com o casal e começamos a conversar. O tempo foi passando e achei que deveria ir embora ,então para minha surpresa ,aquela bela mulher pede para que eu fique mais. Olhei para meu amigo que sorriu e disse para que eu fizesse o que ela mandasse ,então aceitei e voltamos a conversar.

Aventura Sexo com um casal liberal

As vezes ela me pegava olhando para suas pernas ,não podia evitar, meu amigo também me pegava olhando para a sua deliciosa esposa, então ele começou a falar de sexo repente me pergunta se eu gostei da sua esposa, eu disse com todo respeito do mundo que a tinha achado muito Bonita, ele instantaneamente me perguntou se eu queria comer a bucetinha dela, Fiquei mudo e a olhei, ela apenas sorriu….

voltei a olhar para meu amigo que disse que se eu quisesse o momento era agora e me convidou para ir para o apartamento deles.
Ao chegarmos ,meu amigo disse para que eu ficasse a vontade , me sentei na poltrona enquanto ele preparava um whisky para nós ,a esposa dele tinha ido para o quarto, então bebemos e ele ligou a tv e colocou um daqueles videos porno clássicos para assistirmos, ele tirou o pau para fora e começou a bater uma punheta e fiquei olhando ,então ele disse para que eu fizesse o mesmo.

Quando a esposa dele voltou, apenas de calcinha ,estávamos assistindo uma cena em que uma loira era duplamente penetrada, ela sentou ao lado do marido e pegou no pau dele e começou a punheta-lo, eu apenas olhava e me masturbava também, então ela se levanta e vem na minha direção ,fazendo eu me levantar e me beija.

Já totalmente excitado ,ela começa a acariciar o meu pau, meu amigo se levanta ,vem até nós e se posiciona atrás dela e começa a acaricia-la e tira a calcinha dela, a deixando totalmente pelada.

Ela se ajoelha e começa a acariciar o meu pau e o do marido, então sinto o meu pau sendo deliciosamente engolido pela esposa dele ,que também retribui o carinho no marido, ora ela chupava meu pau, ora ela chupava o do marido, as vezes tentava colocar os dois na boca, era sensacional, ela chupava com maestria.

Putaria com casal liberal

Então o meu amigo vai por trás dela ,ela abre as pernas e começa a fodida pelo marido enquanto fazia uma deliciosa chupetinha para mim.
Ela me fez sentar na poltrona e sem perder tempo senta encima do meu pau e começa a cavalgar deliciosamente ,me beijando como se fosse engolir a minha lingue então meu amigo se aproximou de nós e colocou o pau bem perto do meu rosto, então ela começou a chupa-lo, eu sentia o cheiro do pau dele e junto veio uma vontade de chupa-lo também, eu não conseguia tirar os olhos dela chupando aquela vara enquanto cavalgava no meu pau.

Ela me olhou e tirou o pau do marido da boca e me beijou, Senti o pau dele bater no meu rosto, fiquei sem reação, ela viu ,e segurando o pau do marido fez com que encostasse no meu rosto e começou a passa-lo em mim, me olhou de maneira bem maliciosa, e disse :

-põe na boca.

nisso ela começou a cavalgar mais forte, eu fiquei totalmente entregue e aceitei o pedido, então ela sorri e aponta o Pau do marido para a direção da minha boca, eu olho para o meu amigo que com um sorriso sacana me pede :-pode chupar . Então eu aproximo meus lábios daquele pau e passo a língua na cabeça do pau dele, ela suspira e diz:

-Coloca na boca.

Então eu abro minha boca e abocanho o pau do meu amigo e começo a chupar, eu comecei a gostar e passei a chupar com mais vontade ,enquanto a esposa dele praticamente pulava no meu pau.

Acabou que tanto eu quanto ela ficávamos chupando o pau do marido. Após um tempo o marido com o pau todo lubrificado pela minha saliva e a da esposa, posicionou-se­ atrás dela e começa a come-la também, era o meu primeiro DP . Mudamos de posição ,onde agora eu comia o cuzinho dela.

Meu amigo veio atrás de mim e começou a acariciar a minha bunda, eu já não ligava, aceitaria tudo que pudesse acontecer, então sinto um dedinho no meu rabo, continuei fodendo a esposa dele ,mas sempre empinava a minha bundinha para sentir ainda, já sabia que eu seria enrabado, então ele se posiciona atrás de mim e começa a me penetrar, sinto a cabeça entrando, e junto uma dor enorme, ele sabe o que fazer e para ,até eu me acostumar, sinto mais carne dentro do meu cuzinho, não consigo nem comer a esposa dele, que saia e senta na minha frente e pede para eu chupar aquele bucetão, bem devagar ele vai penetrando, até que ele tinha colocado o pau inteiro no meu rabo e passou a me comer bem devagar, mas deliciosamente, eu passei a chupar a Buceta da esposa com mais vontade enquanto era penetrado por um belo cacete.

A esposa dele queria mais e pediu para o marido dela me comer num frango assado, assim ela poderia me chupar e lá estava eu com as pernas abertas ,sendo enrabado enquanto a esposa dele me chupava…. era a sensação mais deliciosa do mundo então anunciei que ia gozar, ela aumentou os ritmos da chupada e eu gozei dentro da boca dela, então ela vem e me beija fazendo com que eu sinta o gosto da minha porra, então o marido dela aumenta as estocadas no meu cuzinho e diz que vai gozar, ele se levanta ,vem bem próximo ao me rosto e goza na minha cara, a esposa dele começa a lamber meu rosto e me beijar, ele coloca o pau a nossa disposição e tanto eu quanto a esposa ,voltamos a chupa-lo ,e assim termina uma das melhores trepadas que eu gostaria de dar.

  • conto 3 meses atrás
  • Categorias: Orgia

Contos de Sexo Relacionados

  • Suruba 8 meses atrás

    Minha primeira dupla penetração

    Eu tive uma experiência incrível com dupla penetração e vou contar. Eu Tenho 26 anos meço 1,70, peso 65 kg. Tenho peitos enormes, e uma bunda durinha. Me casei aos 20 anos com meu marido. Quando nos casamos ele...

    LER CONTO
  • Xvideos 3 meses atrás

    Sexo diferente na casa de swing

    Eu me chamo Vitor (*), 37 anos (branco, 1,75 cm, 80kg, corpo simples) e minha esposa Bianca(*) de 29 anos (branca, 1,65 cabelos preto, corpinho muito bonito). Somos casados há cinco anos e gostamos muito de sexo, sempre...

    LER CONTO
  • Pornô 6 meses atrás

    Nosso primeiro beijo triplo

    Confesso que apesar de 7 anos com Alexandre(*) e das diversas alegrias que ele me proporciona diariamente, ele ainda tem a incrível capacidade de me surpreender e tornar tudo ainda mais gostoso, quando penso que não...

    LER CONTO
  • Orgia 7 meses atrás

    Noite maravilhosa orgia

    Somos um casal, eu loira e 37 anos, muito linda e maridão próximo do 50, muito elegante. Sempre viajamos para fugir da rotina e curtir umas fantasias. Bem vamos lá, uma noite gostosa em uma cidade que amamos, nos...

    LER CONTO
  • Orgia 6 meses atrás

    Nossa primeira noite liberal

    A expectativa estava grande, roupa, como iria ser, o que eu iria ver. Ele muito mais seguro porque já havia frequentando algumas vezes e já tinha experiência no assunto. O bom do nosso relacionamento é porque ele...

    LER CONTO
  • Orgia 6 meses atrás

    Férias e muita putaria

    Ola, somos um casal, ambos com 60 anos, ela a Diana(*) e eu o Ricardo(*), fazemos parte do mundo liberal há mais ou menos 30 anos.  Ela 1.65, loira, e não aparenta a idade que tem, fomos veranear. Ótimas praias e...

    LER CONTO
  • Orgia 7 meses atrás

    Traindo marido com os pedreiros

    Há alguns meses atrás meu esposo e eu decidimos reformar a casa no intuito de melhorá-la para a chegada da nossa primeira filha, ele é representante comercial, sempre viajando incumbiu-me a tarefa de monitorar a...

    LER CONTO

Deixe seu comentário

error: Content is protected !!