Comendo o viadinho atrás do curral

6 votes

Meu nome é Nadson(*), moro na capital, mas até 20 anos morava no interior. Sou Heterossexual, mas de vez em quando acabo comendo o viadinho que me der bola, sempre com sigilo e segurança. Sou casado, mas minha mulher não sabe do meu passado.

Sempre tive a bunda grande, talvez seja por isso que os viadinhos pensam que eu sou o passivo, pelo menos serve pra atraí-los, pra depois eu comer o cuzinho desses putos. Minha mulher diz que minha bunda devia ser pra ela. Nenhuma mulher até hoje me deu o cuzinho e acabei tendo que comer o cuzinho de viadinhos quando eu era jovem.

A primeira vez comendo um cuzinho

A primeira vez que acabei comendo um viadinho foi perto do curral do meu avô.  Estávamos fazendo cabana e eu disse que queria mijar. Ele falou que também ia, só que na hora de mijar, eu abaixei o short todo deixando a rola toda aparecer. Ele fez o mesmo e ficou olhando pra minha bunda. Percebi que ele ficou doido no tamanho da minha bunda. Ai eu falei:

– Dá uma pegadinha, aqui. Ele deu um tapa na minha bunda, e eu disse que era na rola, ele falou só se eu pegar na dele primeiro.

Eu falei pra ele pegar na minha pica que eu pegava na dele.

Ele ficou indeciso, vi a piroca dele endurecendo e aí parti pra cima:

– A gente vai pra trás do curral, ai ninguém vê. Ele falou:

-Tá bom, mas você não conta pra ninguém.

comendo o viadinho

Comendo o viadinho atrás do curral

Todo viadinho acredita nessa de troca-troca e acaba dando o cu e gostando. Esquece até que queria me comer. A gente foi por uma trilhazinha no meio do mato e eu fui na frente. Ele ficou tentando passar a mão na minha bunda e na terceira tentativa eu já deixei ele dá umas apertadas.

Chegamos atrás do curral e eu abaixei o short dele. Peguei no pinto dele e punhetei. Gosto de viado de pau duro, fui punhetando e o carinha ficou doido de tesão. O viadinho ainda não tinha visto quem era o macho ali e pediu pra eu tirar o calção. Abaixei o calção e ele ficou olhando, falando que eu tinha a bundona e pica grossa também.

Ele perguntou se eu já tinha dado e eu falei que não e nunca vou. O putinho ficou de joelhos pra ninguém ver ele. Ele foi logo esfregando meu pau na cara dele e eu disse chupa. O viadinho pôs a boca e começou a gulosa, eu olhei pra baixo e vi que a pica dele estava dura de novo, mandei ele lamber as bolas mas na hora, eu levantei a perna e ele começou a chupar meu cu.

Ele falou que era melhor eu deitar no chão e ficar com as pernas abertas e eu fiquei sem reclamar. O cara me levantou me deixando com bunda pra cima e ficava revezando entre chupar o meu cu e a minha rola, mas quando ele tentou enfiar os dedos no meu cu, rapidamente eu levantei dando um tapa na cara dele falei que o viado era ele.

Ele queria meu cu também

O sacana comentou que eu tinha dito que eu também ia dar o cu pra ele, eu disse:

-Não vou, se você quiser a gente para agora.

O cara já estava gostando tanto de pinto que fingiu que não ouviu e deixou pra lá voltando a chupar.

Eu inclinei meu corpo colocando o dedo no rabinho dele e ele empinou a bunda. Apertei um pouco mais com força o saco dele pro pau amolecer e coloquei o viado de quatro. Logo em seguida, fui enfiando a piroca naquele cu e o viadinho gemia. Bombei uns dez minutos naquele cu e meu sacão já tava batendo no dele, então gozei dentro do cu dele. Ele ficou tão viado que até rebolou de pois da gozada.

Passei uma água de bica no pau e sentei numa pedra e ele veio chupar. Mas o foda é que na hora que já estava quase gozando na boca do viadinho a gente ouviu um peão vindo e eu subi o calção, e gente foi embora, mas eu adorei.

 


Contos de Sexo Relacionados

  • Pornô Gay 2 anos atrás

    Pau cabeçudo e rosado

    A encomenda tinha chegado há alguns dias mas eu fiquei adiando o evento, nem sei o porquê. Veja, eu moro só e trabalho em casa, então passo muito tempo em um espaço que é só meu e isso me dá muitas liberdades. Eu...

    LER CONTO
  • Pornô Gay 5 meses atrás

    Casado puta de um negão gostoso

    Acordei em uma sexta feira com muita vontade de fuder com um homem. Virar putinha mesmo. Sou casado com mulher e a amo, 36 anos, mas tenho um desejo por machos que as vezes me domina. Nesta sexta entrei em contato...

    LER CONTO
  • Pornô Gay 1 ano atrás

    Vadia servindo ao dono

    Sou homem, mas sempre tive a fantasia de ser a puta submissa de um macho. Há um pouco mais de um ano conheci no sexlog um homem com o perfil que procurava há anos. Um macho dominador, safado no sexo, experiente e...

    LER CONTO
  • Pornô Gay 2 anos atrás

    O amigo do papai me comeu

    O conheci em uma festa de comemoração, creio que era de aniversário de algum conhecido de meu pai. Fomos eu, meu pai e minha mãe, lá pelas tantas meu pai me apresentou um amigo dele de longa data, quando ele serviu...

    LER CONTO
  • Pornô Gay 2 anos atrás

    Dei o cuzinho para os pedreiros

    Tenho 41 anos magrinho e macho! Moro em uma grande e precisava de reformas, pedi indicação a um amigo, falou do Victor*, no dia seguinte já liguei e marquei pra ele vir! Dia seguinte toca a campainha eram dois...

    LER CONTO
  • Pornô Gay 11 meses atrás

    Pequenos mas muito prazerosos

    Somos dois homens cinquentões casados e com desejos e fantasias semelhantes, nos conhecemos na internet, isso demorou muito tempo para nos encontrarmos e só aconteceu uma vez que pena. Fomos nos descobrindo aos...

    LER CONTO

Deixe seu comentário