Comi no carnaval

2 votes

Bem, quem nunca comeu ninguém numa festa de carnaval? Ainda mais na praia?

Num dos dias do carnaval comecei a ficar com uma mulher e a outra ficou com meu amigo, mas, papo vem, papo vai e trocamos de casal no carnaval. Elas não eram as mais bonitas mas, eram gostosas.

Sexo no carnaval

No primeiro dia não rolou muita coisa, mas, no dia seguinte eu (Moises nome fictício) e a Ludimila (nome fictício) começamos a nos beijar e começamos a acelerar os beijos. O Carnaval era numa avenida grande com vários quilômetros de extensão a beira da praia, ainda tinha um palco na beira do mar mais distante desta avenida, fazia um calor gostoso, embora naquele dia tenha começado a chover uma garoazinha fina.

Aí todos molhados com certeza o tesão aumenta as roupas transparentes ficam mais transparentes e qualquer um fica morrendo de tesão. Eu e Ludimila estávamos conversando normal e nada demais só que começamos a acelerar os beijos isso começou a excitar os dois. Ela estava usando branco começou a aparecer seus seios gostosos por caso da água da chuva e como já estava querendo mais comecei a beijar seu pescoço passando a mão por todo o corpo, e, levei ela pra um muro e comecei a beijar mais forte e mais forte, até que quando vi já estava com as mãos nos seios dela e ela com suas mãos no meu pau. No muro mesmo com todo mundo olhando, comecei a chupar aqueles peitos gostosos, e, ela enlouqueceu queria me chupar ali mesmo no meio de várias pessoas.

Não ia ficar ali apenas tinha que sair de lá, então fui levando ela para a praia e ela enlouquecida queria chupar meu pau, só que com tanta gente porque tinha um palco e música rolando era impossível, então saímos de lá para outro lugar da praia. Fomos caminhando tentando achar um lugar pra meter. Até que achamos..

Com aquele calor todo, só podia acontecer uma coisa, sexo.. Tiramos a roupa, começamos a nos chupar. Tinha uma camisinha no bolso e antes de começar a meter ela chupou todo meu corpo e gozei gostoso na boca dela, uma boca de veludo gostosa que adorava chupar.

Depois disso, coloquei ela de frente pra mim e começamos a meter gostoso, ficando assim durante muito tempo entrando com tudo dentro dela e ouvindo ela gemer gostoso no meu ouvido. Fomos metendo, metendo e metendo muito até que senti o corpo dela balançando e gozando gostoso num orgasmo muito forte. Ela me pediu pra parar, mas, eu não tinha gozado dentro dela, então ela ficou de quatro, fui bombando, bombando, bombando e quando vi ela gozou de novo, mas, não parei de comer e continuei. Ficamos assim a noite toda, metendo sem parar. Até o dia amanhecer, de quatro, de pé, de lado, várias surras de pica e depois até ficamos um tempo juntos, mas, não durou muito.


Contos de Sexo Relacionados

Deixe seu comentário