Dei gostoso pro meu farmacêutico

1 vote

Bom dia!  Sou uma coroa bem conservada, sou loira, 1,62cm, 60 kg e uma bunda bem avantajada. Sou casada e meu marido e louco no meu bundão.

Bom vamos ao que interessa… como disse sou casada há dez anos e meu esposo sempre me traiu, eu sempre fui muito honesta e dedicada mais cansei e resolvi dar o troco, afinal tentei me separar dele varias vezes mais ele não aceitava me deixar e nessa ultima vez que descobri a traição ate me mudei de cidade pra ver ele me deixava em paz mais ele veio atrás.

Eu sempre com muito tesão e não me satisfazia com ele, sempre que eu ia transar com ele m, lembrava de amante dele. Eu me masturbava todos os dias sempre que ele saia pro trabalho.

Cheia de tesão fodi gostosinho com meu farmacêutico

Um dia, eu estava com muita dor de cabeça e resolvi ligar pro farmacêutico da família que por, sinal é muito amigo de todos nos. Ele é bem safado, e eu já havia notado o jeito tarado que sempre me olhava quando eu ia na farmácia dele ou ele vinha trazer algum medicamento em casa.

Liguei e disse que precisava e um injeção pra for de cabeça, ai do nada me veio um pensamento na cabeça… é hoje que vou da minha Buceta bem gostoso para esse farmacêutico!

Tomei um belo banho me perfumei coloquei um vestidinho bem soltinho e fio dental bem minúsculo e fiquei esperando por ele, nesse horário eu estava sozinha em casa, mais logo meu filho chegava do colégio, então tínhamos que ser rápidos.

Não demorou muito, ele chegou. Como ele é conhecido nosso ha um bom tempo, ele ja foi chegando e entrando, eu ja toda excitada e com a buceta toda babada ele já preparou o medicamento e disse vira a bunda, eu olhei pra ele com uma cara de vadia e disse vai doer? E mordi os lábios.

Ele logo percebeu minha intenção e deu uma risadinha e disse vou fazer com muito carinho.

Eu empinei bem o rabo e disse, vai enfia a agulha. E fechei os olhos.

Ao invés de sentir aquela agulha na minha bunda, ele abriu ela e meu a língua com gosto na minha buceta, me chupou como nunca tinha sido chupada em toda minha vida. Chupava meu grelinho e enfiava dois dedos ao mesmo tempo na minha buceta que latejava de tesão e eu gemia, chorava igual uma cadela no cio. Meu Deus, aquele homem sabe deixar qualquer mulher cega de tesão, não precisou muito pra eu gozar jatos de porra na boca daquele macho tarado, que ja tirou o pau pra fora e sem do nem piedade socou com tudo dentro da minha buceta.

Foi umas quatro bombadas, o bastante pra ele gozar gozar igual um louco dentro de mim, e dizendo sempre quis  comer essa puta, vadia, gostosa, sou louco nesse seu rabo vagabunda. Quanto mais, ele me chamava de puta e vadia mais, excitada eu ficava e pela segunda vez gozei muito naquele pau gostoso, não muito grande, nem muito grosso mais o suficiente pra preencher minha buceta tarada.

Ele se vestiu e disse quando quiser e só chamar que eu venho curar sua dor de cabeça. E foi embora.

Depois desse dia já ficamos mais duas vezes. No próximo conto eu falo como foi.

Contos de Sexo Relacionados

Deixe seu comentário

error: Content is protected !!