Gozei gostoso na rua e depois dei o cu

2 votes

Boa tarde! Sou morena, altura mediana, tenho um bumbum grande e durinho e peitos médios.
Eu sou bem safadinha, gosto de uma coisa proibidinha mesmoooo. Queria há muito tempo transar com meu namorado, ele é alto, forte, um morenão. Queria já ter dado minha bucetinha pra ele desde cedo, só que resolvemos ir devagarinho com tudo.

Aí, como meu tesão sempre tava lá em cima quando o via, eu não me aguentei e o convenci a gente começar a fazer anal, eu só queria dar bem gostoso pra ele de qualquer forma, e tava muito louca pra isso. Ele claro, não era besta, aceitou e não ia perder a oportunidade de me comer gostoso.

Era um dia a tarde, tava fazendo sol, uma terça, e combinamos de sair. Eu claro, já esperava o que ia acontecer e me preparei todinha pra ele. Deixei tudo bem lisinho pra ele meter gostoso em mim, coloquei um calcinha vermelhinha pra ele e fiz questão de estar bem sexy e gostosa. Nos encontramos e estávamos na rua, fomos pra um local bem mais reservado pra gente ficar bem a vontade em tudo. A gente foi pra uma rua, que tinha uma escada, e era até movimentada.

Um gozada cheia de tesão na rua

Tava quente, mas eu tava mais quente ainda e quase implorando pra ele me comer ali mesmo. A gente sentou, batemos um papo rápido, mas logo eu percebi que a coisa ia esquentar, ele começou a me beijar de jeito, nem forte, com muita vontade . Beijava todo meu pescoço, dando beijos que me faziam ter calafrios, surrava no meu ouvidinho me deixando louca.

– Gostosa, você é uma delícia

Eu já tava ficando totalmente louca com tudo aquilo, ele sentei no colo dele de frente. Eu comecei a sentir o pau dele bem duro, bem grosso, doido pra enfiar tudinho em mim.
Eu comecei a rebolar devagarinho e devagarinho, sentindo todo aquele volume por cima do meu short. Minha Buceta tava encharcada, ele começou a apertar meus peitos, meteu a mão por cima da blusa e levantou pra chupar . Eu olhei e falei:

– vai me chupar aqui mesmo na rua é?

Ele me olhou com uma cara safada e eu sabia que aquilo era um sim. Ele meteu a boca gostoso nos meus peitos que tavam bem durinho e começou a chupar bem gostoso, passando a língua no biquinho e enfiando tudo na boquinha. Eu comecei a ficar mais louca ainda, só sabia gemer baixinho e xingar.

– Caralho, me chupa gostoso, vai. Vai bem gostoso vai, filho da puta.

Ele enfiou a mão na minha buceta e começou a me masturbar gostoso, enfiando o dedo bem fundo e eu pedindo mais

– enfia tudo vai, delícia. Vai bem fundo

Muita gente passando na rua, muito carro e a chance de ser pego me fazia delirar só de pensar. Eu queria mais, queria muito mais, queria aquele pau gostoso todinho em mim. E ele enfiava o dedo bem rápido, rápido demais, indo bem fundo e até que eu falei pra ele gemendo que ia gozar

– goza vai, sua cachorra, goza na minha mão.

Eu gozei ali na rua mesmo, mas sabia que aquilo não era o fim. Eu fui pegando minha mão e indo em direção ao short dele, que tava com muito volume pq o pau tava totalmente duro, fui enfiando a mão na calça dele devagarinho e comecei a masturbar o pau gostoso. Tava bem duro e bem molhadinha, a cabeça bem rosadinha, do jeito que eu gostava . Eu comecei a masturbar bem rápido, e ele me olhou com uma cara safada pra caralho.

– vou te chupar todinho, aqui agora

Enfiei minha boca no pau dele e comecei a chupar bem gostoso. Ia rápido e devagar, só escutava o gemido dele baixinho enquanto puxava o meu cabelo e ia fazia eu ir bem fundo. Chupava a cabeça do pau dele, passava a língua em tudo, até que ele falou:

– Vou te dar leitinho aqui mesmo na rua

Ele comecei a ir mais rápido pra caralho e até que ele gozou tudinho na minha boca, bem quentinho, e eu engoli aquela goza gostosa toda.

Ele me puxou pra um beijo gostoso com gosto de porra na boca e enfiou a mão de novo no meu short. Ele começou devagarinho e eu sabia que ele queria me fazer gozar de novo. Ele começou a me xingar e dizer que eu era a gostosa dele, eu me aproximei do pau dele e comecei a masturbar ele e ele me masturbava forte pra caralho também. Ele começou e enfiar mais de um dedo, e com a mão molhadinha, enfiava no meu cuzinho também. Eu sabia que não ia aguentar por muito tempo, só queria gozar o máximo que eu podia pra aquele gostoso. Ele fazia movimentos circulares dizendo que ia me deixar toda ardidinha e abertinha.

Um cuzinho arrombado bem gostoso

Caralhooooo, eu só sabia que ia gozar de novo pra aquele filho da puta na rua, e depois de ele começar a enfiar bem rápido, eu gozei de novo gemendo pra caralho.

Eu queria que ele comesse meu cuzinho todo e falei que tinha uma amiga que morava ali próximo, que era pra gente ir pra lá. A gente foi pra casa dessa minha amiga, e ela entendeu o que iríamos fazer rsrsrs

Ela deixou a gente bem a vontade, subiu pro quarto dela e a gente ficou no andar de baixo. Nós sentamos na área da frente que tinha lá na casa dela, e a gente começou a se beijar bem quente de novo. Já fui sentindo o pau dele subindo e sentindo bem na minha buceta, molhadinha e gostosa.

Falei pra gente ir pro banheiro pra ele meter gostoso no meu cuzinho . A gente foi, chegando la, ele foi me beijando toda, do pescoço até meus peitos, descendo minha barriguinha e tirou meu short. Eu sentei e abrir bem as pernas pra ele, ele foi de cara e começou a me chupar de uma forma inexplicável. Ele metia toda língua na minha buceta, e chupava cada centímetro dela todinha. Ele enfiava o dedo chupando e abrindo ela todinha, eu só sabia abrir mais as pernas e enfiar a cabeça dele pra me chupar toda. Eu falava pra ele:

– chupa que ela é todinha sua e tem mais vai seu cachorro

Depois ele me pegou, eu fiquei de quatro pra ele apoiando na pia e tinha um espelho bem na frente. Eu via a cara de cachorro dele, ele via minha cara de putinha vadia que queria dar gostoso pra aquele safado. Ele começou a passar só a cabecinha do pau , me deixando doida pra ele enfiar logo tudo, ele foi só na cabecinha molhada, e eu já tava abrindo tudo pra ele. Eu me virei, abaixei, e chupei gostoso a pika dele, deixei bem molhadinha e babadinha pra ele enfiar em mim. Eu virei e fiquei de quatro pra ele, ele começou a bater na minha bunda, deixando bem vermelha e começou a meter o pau gostoso em mim.

Ele começou a enfiar bem rápido, me fudendo todinha e eu gemendo o nome dele sem parar.

– come sua gostosa vai, come sua filha da puta, come esse cuzinho que é todo seu vai
– deixa abertinha pra mim vai gostoso

Ele me fudia rápido pra caralho, puxava todo meu cabelo me deixa e me deixava toda vermelha
Eu falei pra ele que ia gozar e que era pra ele ir mais rápido ainda, enfia aquele pau grande e grosso no meu cuzinho, ele puxou ainda mais. Ele acelerou loucamente eu gemi alto pra porra e gozei bem forte pela terceira vez.
Ele disse que ia jogar todo leitinho em mim, e eu só fiz olhar pra ele com uma carinha de quem queria.

– Goza na minha cara vai filho da puta, joga nela

Eu fui chupando o pau dele e só senti a porra gostosa vindo todinha na minha cara….

E depois daquilo, toda vez que ele me pedia o cuzinho eu dava tudinho pra ele.

Contos de Sexo Relacionados

  • Orgia 12 meses atrás

    Noite maravilhosa orgia

    Somos um casal, eu loira e 37 anos, muito linda e maridão próximo do 50, muito elegante. Sempre viajamos para fugir da rotina e curtir umas fantasias. Bem vamos lá, uma noite gostosa em uma cidade que amamos, nos...

    LER CONTO
  • Buceta 4 semanas atrás

    A vizinha viuva me deu o cuzinho

    Olá! Aos meus 18 anos tive uma experiência com  uma vizinha e amiga de minha mãe. Ela era uma mulher de 43 anos que parecia ter bem menos, tinha um corpo lindo, lindos peitos, bunda perfeita, maravilhosa! Era uma...

    LER CONTO
  • Sexo a três 4 meses atrás

    O comedor de esposas e o corninho

    Todos os contos que eu escrevo são verdadeiro, alguns aconteceram a muito tempo atrás, outros recentemente. Eu gosto muito de putaria, tenho 20 anos, 19cm bem grosso e bi. Já comi travesti, gay, novinha, coroa e...

    LER CONTO
  • Xvideos 8 meses atrás

    Sexo diferente na casa de swing

    Eu me chamo Vitor (*), 37 anos (branco, 1,75 cm, 80kg, corpo simples) e minha esposa Bianca(*) de 29 anos (branca, 1,65 cabelos preto, corpinho muito bonito). Somos casados há cinco anos e gostamos muito de sexo, sempre...

    LER CONTO
  • Virgens 1 ano atrás

    Minha ex aluna gostosa safada e virgem

    Boa tarde, caros leitores. Sou professor, tenho 35 anos e há mais de 10 anos já trabalho dando aulas por aí. Não pensem bobagens a meu respeito, pois não saio com alunas. Acredito que onde se ganha o pão não se...

    LER CONTO
  • Xvideos 2 meses atrás

    Sexo bem quente e gostoso

    Era um sábado a tarde tomei um banho me depilei toda, como de costume gosto de dar uma cuidada a mais de mim nos finais de semana.. Chegando 18:00 meu namorado mandou mensagem falando que vinha pra minha casa pra...

    LER CONTO
  • Xvideos 8 meses atrás

    Dando o cu na despedida

    Olá, me chamo Hilton (*) o acontecido ocorreu recentemente. Eu estava em um relacionamento que durou pouco tempo devido algumas brigas bobas, mas vamos ao que interessa. Passamos o dia inteiro distante um do outro...

    LER CONTO

Deixe seu comentário

error: Content is protected !!