Traindo o marido com um cara mais jovem

0 votes

Sou casada, no entanto, há dois anos acabei traindo o marido com um cara mais jovem e vou contar como foi.

Estou casada há uns 10 anos, tenho 38, um corpinho de menininha, magrinha mas com tudo em perfeita harmonia, isso mesmo, corpinho de modelo, boquinha deliciosa, mas vamos aos fatos: Estava numa festa num clube da minha cidade, festa de reveillon, meu marido estava de plantão no serviço, ele estava irritado por estar trabalhando, no entanto, me aconselhou à ir na festa com alguns amigos.

A festa estava ótima, 3 bandas tocando forró, axé e rock, além de uma boate de tenda muito legal. Não sou de beber, gosto muito de dançar, não estava com intenção nenhuma de aprontar nada, até porque sou fiel ao meu amado, mas durante a festa meus amigos me fizeram uma ices de vodka e eu acabei ficando meio mole, num dado momento uma colega muito da assanhada chamou minha atenção pra um garoto de 18 anos que estava ali perto, um bem gatinho sem barriga nenhuma, cabelinho espetado, tipo viciado em academia, mas o que chamou a atenção dela era o volume que ele tinha na calça.

Fiquei de olho no volume

O safado estava ereto com o pênis bem definido na calça, estava virado pro lado, confesso que na hora senti um frio, ou calor se lá, mas fiquei pensando: “que cara sem vergonha, será que ninguém tá vendo isso além de nós?”, e o pior que quando dei por mim minha colega falou: – Gostou né? aí que percebi que estava há muito olhando pra ele, não sei se ele percebeu, mas tirei o rosto e disse “que nada, vou dançar”.

Quando cheguei na pista procurando alguém, adivinha que me chama pra dançar, ele mesmo, de início eu disse que não mas diante da insistência dele acabei aceitando e não é que o danado manda ver na dança, fiquei sabendo que ele tinha 18 anos, além de tudo não pude deixar de perceber que ele estava o tempo todo roçando aquela madeira duríssima na minha perna e volta e meia dava um giro e colocava bem no meio de minha bunda, fui nas nuvens, mas como é uma cidade pequena, saí fora pra não dar na cara, afinal uma mulher traindo o marido seria motivo pra muita fofoca.

A farra tava boa, mas eu queria sexo

Lá pras 3 da madruga, o pessoal ta numa boa curtindo a farra, quando eu fiquei com vontade de chamar ele pra gente ir em um lugar mais reservado. O safado topou na hora, fomos até uma praça que tinha ali perto e geralmente tinha uns cantos bem escuros, onde ninguém poderia nos ver.

Chegando lá percebi o volume imenso na calça dele mais uma vez e fiquei com a boca salivando de vontade de provar. Me aproximei bem safada, meti a mão no volume dele e trocamos beijos bem gostosos e intensos, no entanto, eu ainda queria muito mais, minha bucetinha estava piscando de tesão e segurei em uma das mãos dele e fiz o gostoso alisar minha xota toda molhada.

Ele ficou louco, trocamos beijos enquanto a gente se bolinava, entretanto, ele não estava aguentando mais de tesão, colocou a rola pra fora e me mandou chupar. Nem precisou falar duas vezes, me ajoelhei e passei a mamar naquele caralho grande, grosso e repleto de veias saltitantes.

Chupei gostosinho e viciei na pica

Ele gemia gostosinho e empurrava de leve seu cacete na minha boca, fazendo eu quase engasgar com a grossura, no entanto, eu não queria parar. Depois de dar uma mamada gostosa me levantei, afastei minha calcinha com roupa e tudo e ele me segurou por uma perna, enquanto a outra eu apoiava no chão. O safado começou a bombar na minha buceta, tava tão melada que chegava a sair e entrar fácil demais.

Os gemidos tomaram conta da gente, além das putarias sendo ditas. Sendo assim, ele ficava cada vez mais louco e falava o quanto minha xaninha era gostosa e apertada.

Perdi a conta do tempo em que ficamos ali metendo muito gostoso, porém, logo eu senti que um orgasmo se aproximava. Eu dei uma gozada bem intensa, me tremendo todinha.  Logo depois sentir o gostoso novinho encher minha Buceta com seu leite quente, que mais parecia ter sido guardado para mim durante vários dias.

Saí toda melada dessa transa, no entanto, foi uma delícia de aventura, mas como sou casada, me despedi do novinho. Logo depois eu fui pra minha casa super satisfeita com a rapidinha que a gente deu. Acabei traindo o marido, entretanto, valeu muito a pena.

Contos de Sexo Relacionados

Deixe seu comentário

error: Content is protected !!