Comi minha tia evangélica coroa

0 votes

Olá, me chamo Humberto(*) tenho 30 anos, solteiro…

Esse conto é de algo que ocorreu alguns anos atrás, com minha tia Cristina(*).

Minha tia é Evangélica de uns 50 anos bem enxuta, fervorosa, fiel ao marido, casada mãe de uma garota, minha tia é branca linda sempre de saia, cabelos pretos longos moramos relativamente perto. Nunca havia ocorrido nada entre nós de mais, sempre tive um tesão por ela mas não passava disso, eu tocava uma pensando nela e só rsrs…

Não me lembro quando mas percebi que à algum tempo ela me olhava diferente, quando nos viamos, sempre que cumprimentava ela, ela me dava um beijinho na bochecha quase nos meu lábios, coisa boba mas sempre comecei a notar isso e ela começou a mandar vídeos pra mim quase todos os dias desejando um ótimo dia, felicidades …aquelas coisas de tia, sua filha já é adulta, um pouco feia por sinal mas nesse dia não estava em sua casa, também é evangélica, seu marido meu tio estava viajando, ele trabalhava em uma empresa no qual em certas épocas tinha que comparecer na sede da companhia.

Então eu estava em casa deitado , era umas 8:00 da manhã, minha tia Cristina me mandou uma mensagem desejando bom dia etc… De prontidão respondi com uma carinha agradecendo e mandando um beijo, passado uns 10 minutos minha tia começou a digitar no whatsapp, mas a impressão era de que ela apagava, ficava digitando.. até o momento em que ela disse:

-Humberto, você tá ocupado aí agora?

Eu respondi : Não tia , porque? Precisa de algo?

Prontamente ela disse que o chuveiro tinha desligado, não sabia se tinha queimado o que era e meu tio não estava lá pra ajudar, logo peguei meu carro e fui até a casa dela.

Chegando lá minha ela gritou que o portão tava aberto era só empurrar, assim que eu estava entrando ela complementou me pedindo pra trancar com cadeado porque tinha medo e o bairro estava perigoso, tranquei o portão e entrei quando chego na porta da casa não vejo minha tia, ela aparentemente estava no quarto, ela então sai e eu não acreditei no que vi, minha tia Cristina estava de toalhas, provavelmente ia tomar banho….eu já estava um tanto quanto encabulado então fui pro banheiro meio que sem olhar direito pra ela, cumprimentei com um pouco de vergonha e iniciei a verificação do chuveiro, o que havia ocorrido era o que eu pensava a resistência havia queimado, então ela me deu uma extra que ela disse que meu tio guardava .

Coloquei a resistência e finalizei o serviço, sucesso….falei tia só testar, rsrs ela deu um sorriso e disse olha Humberto desculpa por isso fico até sem jeito mas que Deus o abençoe, eu disse que não era nada e falei que tava indo, ela prontamente disse não! Fica um pouco , tava fazendo o café, espera eu tomar um banho rapidinho que depois a gente come junto um pãozinho , então ela fechou a porta e eu fiquei esperando.

Aí que a coisa começou a ficar interessante, eu estava tranquilo , bem de boa mas quando a gente fica sem fazer nada a mente viaja, comecei a ouvir a água do chuveiro cair no chão do banheiro, comecei a imaginar minha tia com aquele corpo gostoso, branca, toda molhada, seus cabelos longos pretos……meu pau já tava começando a ficar duro, eu comecei a pensar que podia dar uma espiadinha, mas me contive, não podia fazer isso , ainda mais ela , crente, toda “santa”.

Meu coração tava batendo forte quando o chuveiro desliga, eu me controlei , fui na cozinha , depois de um tempo quando volto pra sala minha tia sai do banheiro já trocada com aquelas roupas recatadas, saia bem grande, então depois de estender a toalha fomos tomar café…. começamos a falar da vida, da minha prima, do meu tio, até que ela reclamou estar sentindo muitas dores nas costas, então nessa hora eu não sei mas só agi por impulso, perguntei:

-Tia , se você quiser posso tentar te ajudar com massagem, quer? Ela me olhou e disse com uma voz de alívio até sem maldade.

– Olha filho eu adoraria, to com essa dor da tempo, mas por favor não fala pra ninguém que você fez isso , seu tio é muito ciumento. Demos risadas o clima estava ótimo.

Eu disse tia você vai ter que se deitar, pode ser no sofá, ela então falou:

-Humberto, me desculpa mas se alguém olha de fora no portão, dá pra ver a sala, vai achar o que de mim? Misericórdia!!

Comi minha tia crente safada

Vamos pro quarto da sua prima, não aguento mais essa dor, então ela foi mancando um pouco…..chegando lá ela deitou na cama de solteiro da minha prima e deu uma suspirada, eu tirei minha blusa coloquei numa cadeira próxima e disse:

-Tia, relaxa bem….comecei então a massagear suas costas, desde o pescoço , ombros , até as costas , elas suspirava , provavelmente estava aliviando mesmo….mas algo começou a me dominar, eu comecei a notar o quão gostosa minha tia era, Cristina tinha um rabo lindo, grande, quadril largo, com aquela saia deixando mais interessante ainda, não resisti, desci meus dedos, minhas mãos um pouco abaixo, na lombar, ela suspirou, então ela disse:

-aí… que coisa boa, se soubesse que você tinha mãos mágicas tinha te pedido isso antes, eu disse é mas fui eu quem ofereci ajuda rsrs, e demos risadas, e eu complementei :

– Bom, sinceramente essa sua saia que tá atrapalhando tia, você colocou muito pra cima, não dá pra massagear direito, ela me pediu desculpas e abaixou um pouco, dava pra ver seu “rego” , a poupa da bunda branquinha, eu dei uma risada interiores continuei a massagear , então em um determinado momento eu releu em seus seios sem querer e apertei, ela deu um suspirada, pedi desculpas mas ela logo disse para seu bobo:

-Desabotoa meu sutiã, não tem problema não, quando eu ia falar algo ela disse de novo para de medo, limpei sua bunda garoto, não é nada demais só uma massagem….

Então fiz o que ela pediu, desabotoei o sutiã, e continuei , ela estava gostando , adorando…., Foi então que tudo mudou, num ato súbito ela disse:

-Humberto, por favor tô com dores nas pernas e levantou a saia, nao acreditei, ela estava sem calcinha, aquele cuzinho delicioso na minha frente branco, Sua Buceta peladinha, não acreditei, ela disse , eu limpei sua bunda , não tenha vergonha , continua com essa massagem filho é só não contar pra ninguém, a essa altura eu não pensei em nada….

Cai de cara na sua bunda lambendo seu cuzinho cheirosinho ela deu um gritinho e disse:

-meu deus Henrique o que é isso?

Eu falei tia fica quieta, é só não contar, ela dava umas mexidas tentando sair mas daí eu comecei a chupar sua vagina, não acreditava, que delícia de buceta, tava nem aí que era peluda….tava limpinha , não perdi tempo, comecei a tirar sua saia, quando vi eu já estava sem nada também, naquele momento minha tia , minha amada tia crente era minha, eu estava a possuindo, era tão forte , tão intenso, seus beijos, era a confirmação das minhas desconfianças, sua boca molhada na minha, sua língua, minha boca nos seus seios, ela gemia de tesão, dava umas tremidinhas…….

Não resisti, sem camisinha mesmo, pedi pra minha tia olhar pra mim, coloquei minha rola devagar, ela dava uns gemidinhos, então comecei a penetrar, ela me arranhava de tesão, eu estava louco feito um bicho, aquela bucetinha tão quente, úmida, nosso ritmo era frenético, fodemos gostoso, ela gozou no meu pau , e falou:

– Há quanto tempo eu não sei o que é isso, aí meu deus isso tá errado.

Eu fiquei louco,  gozei como nunca, enchi ela todinha de porra……Nesse dia fizemos 2 vezes … Nesse dia minha tia crente foi minha, comi sua bunda também, foi uma delícia….. depois desse dia, ela sempre pede “ajudas”.

(*) Nome fictício para preservar a identidade dos envolvidos.

  • conto 2 meses atrás
  • Categorias: Incesto

Contos de Sexo Relacionados

  • Incesto 2 meses atrás

    Valores familiares 2

    Em Valores Familiares, vamos conhecer uma vampira gostosa que aceita passar uns dias com o filho de sua tia Carmilla enquanto ela viaja pelo mundo. O jovem tem 18 anos mas é completamente tapado, dessa forma, ela...

    LER CONTO
  • Incesto 3 meses atrás

    Sobrinho safado me comeu

    Meu nome é Leila(*) tenho 36 anos casada, tenho corpo normal, seios médios, bunda grande, meio gordinha, mas chamo atenção. Eu e meu marido vivemos bem, bom relacionamento, sexo muito bom, nunca tive outro homem e...

    LER CONTO
  • Incesto 4 meses atrás

    Sou a putinha da mulher do meu primo

    Bom, essa sou eu a putinha da mulher do meu primo .  Me chamo Fernanda, 23 anos, recém formada em pedagogia. Morei a vida inteira no interior mas tudo mudou há seis meses, quando resolvi vir morar em São Paulo com...

    LER CONTO
  • Incesto 1 mês atrás

    Minha irmã madura

    Uma irmã safadinha fica com uma vontade louca de transar com o irmão, mas morre de vergonha de revelar seus desejos pra ele, por isso, a gatinha fica o dia inteiro trancada no quarto se masturbando para acalmar essa...

    LER CONTO

Deixe seu comentário

error: Content is protected !!