Comendo a buceta da irmã

3 votes

Bom meu conto e verídico e aconteceu a mais ou menos um ano e meio pela primeira vez, eu e minha irmã costumávamos sair pra conversar.

Um certo dia chamei ela pra ir ao lago da cidade comigo, era noite chegamos por volta das 20:00 e compramos um vinho, bebemos. Aquele dia os assuntos que conversamos foram bem íntimos, e acredito que naquele momento despertou um tesao de ambas as partes.

O tempo passou ela alugou uma casa, e me chamou pra conhecer sua casa nova, fui numa boa, ao chegar lá ela estava com um decote muito sexy, dava pra ver os peitos dela de fora praticamente, inevitável não sentir uma atração, sem contar que ela tinha bebido o mesmo vinho da noite em que saímos.

Entrei em sua casa e formos pro quarto deitei na cama dela e começamos a falar do namorado dela, ela dizia que ele não a comia, que não apagava o fogo dela, que ela precisava de um homem gostoso pra fazer isso por ela!

Foi então que eu soltei: se eu pudesse eu te pegaria! rs

Comendo a irmã

Ela olhou pra mim meio sem graça e falou que melhor não, eu já estava naquela situação mesmo, insistir mais um pouco, foi aí q ela cedeu e nos beijamos, daí já tiramos a roupa, chupei os peitos dela, ela tirou o short e só colocou a calcinha de lado e sentou na minha rola até gozar, ela estava com muito tesao, foi bem rápido ela saiu de cima, vestiu a roupa, olhamos um pro outro sem saber o que falar, e fui embora!

O tempo passou resolvi chamar ela pra sair de novo dessa vez num restaurante, comemos e formos para casa de um amigo depois, o amigo saiu e deixou nos sozinhos em casa kk péssima ideia rs, ela disse que iria tomar banho, tirou a roupa e deixou a porta do banheiro aberta, não resistir e tirei a roupa também, pedi pra ajudar ela a ensaboar, ela deixou mas com um pouco de receio.

Foi aí que ela perguntou: você quer me comer de novo né ? Eu disse: sim, tô morrendo de vontade, saímos do banho e fomos para o quarto!

Lá a gente se libertou fudemos muito, chupei muito a Buceta dela, ela chupou meu passou ela lambuza todo ele, e me chamava de gostoso que era pra fuder essa puta safada, ela me deu muito gostoso, gozei na boca dela foi a melhor transa de todas, daí em diante nos virmos várias outras vezes e transamos em todos os lugares possíveis, até hoje quando ela está a só comigo, pula no meu cacete.


  • conto 11 meses atrás
  • Categorias: Incesto

Contos de Sexo Relacionados

Deixe seu comentário