Minha irmã deixa eu comer o quanto eu quiser

3 votes

Olá me chamo Bernardo (*) e hj vim contar mais um caso entre eu minha irmã. Sou alto, atlético, não tenho um pau tão gigante, 16cm mas é bem grosso, minha irmã é bem mais baixa que eu, loira com uma bunda e peitos lindos.

Pois bem, eu e a Paloma(*) minha irmã, já transamos algumas vezes, mas acabou que quase nunca ficávamos sozinhos para aproveitar, então chegou essa quarentena e finalmente ficamos sozinhos praticamente o dia todo. Mesmo não transando ainda rola uma mão boba e alguns pegas, numa manhã acordei cedo, fiz café e esperei meus pais levantarem, estava eu, meu pai e minha mãe. Perguntou sobre minha irmã:

– A Paloma não vai vir tomar café??

Minha mãe responde:

– Ela ficou até tarde fazendo trabalhos da faculdade, e avisou que queria dormir até mais tarde.

Então continuei tomando meu café, eram umas 8:00 horas quando meus pais falaram:

– Bernardo hj a gente vem mais tarde pra casa, o almoço e janta são seus.

Eu respondo:

– Tá bom avisem quando estiverem chegando.

Comendo a irmã no café da manhã

Eles saem e eu vou assistir tv, dps quando era umas 10:00 a Paloma acorda. Passa por mim e diz:

– Bom dia Bernardo, cadê nossos pais??

Eu respondo:

– Bom dia minha gostosa, eles já foram trabalhar e voltam só a noite.

Ela ri e diz:

– Minha gostosa? Logo cedo safadinho já rsrs.

Eu falo:

– Claro que sim, faz tempo que a gente não fica sozinho vamos aproveitar neh.

Ela me olha e vem chegando mais perto, senta no meu colo e me pergunta:

– E como a gente aproveita então:

Eu logo beijo o seu pescoço e digo no seu ouvido:

– Vc não tomou café ainda, quer beber um pouco do meu leite??

Ela ri e diz que sim, viro ela pro sofá e tiro a blusa dela, deixando aqueles peitos de fora dou um tapa e ela fala:

– Seu safado sabe que adoro uns tapinhas, hj vou deixar vc se divertir.

Tiro meu pau pra fora e fico passando na boca e nos peitos dela, ela geme baixinho, pego a mão dela e faço ela me punhetar.

Ela fica séria e dou um tapa na cara dela de leve. Ela me pergunta o por que do tapa.

Eu digo:

– Pede pra chupar meu pau.

Ela abaixa a cabeça e dou com o pau na cara dela e falo pede pra chupar. Ela morde os lábios e diz:

– Deixa eu chupar seu pau maninho?

Logo que ela termina de pergunta começo a fuder com a boca dela, vou rápido fazendo ela babar, depois de um tempo eu digo que vou gozar e é pra ela engolir tudo.

Dou mais uma estocadas e gozo muito na boca dela. Ela deixa sair um pouco pelo canto da boca mas engole. Dou mais um tapa na cara dela e digo:

– Vc não engoliu tudo dps vai ser punida minha putinha.

Ela me olha bem safadinha e diz:

– O leite estava delicioso pode me punir do jeito que quiser maninho.

Ela da mais uma chupada e vai tomar café eu fico satisfeito e deito no sofá e tiro uma soneca.

Acordo lá pelo meio dia, meu pau tinha voltado com tudo, chamo minha irmã e ela diz que está no quarto. Eu tiro minha roupa e entro no quarto. Pergunto pra ela:

– Tá fazendo o que Paloma??

Ela diz:

– mexendo no Pc, pq??

Eu digo:

– Levanta e se apoia na mesa que vou te punir agora safada.

Ela me olha pelado e entende o recado. Se levanta da cadeira e arrebita a bundinha dela pra mim. Eu digo que vou punir ela com algo que ela ama.

Começo a chupar ela passo a língua e uso os dedos, depois de um tempo ela diz:

– Vai maninho tô quase gozando continua!!

Nisso eu paro e falo:

– Sua punição hj é essa sem gozar na minha língua nem com meu pau.

Ela olha triste pra mim e pergunta:

– Vai parar agora??

Eu respondo:

– Hj quero seu cuzinho e não quero reclamação.

Cuzinho gostoso da irmã

Ela sorri e diz pra ir devagar me provocando.

Enfio meu pau de uma vez no cu dela e ela grita:

– Safado!! Disse pra ir com calma!!

Eu retribuo indo mais fundo, enfio um dedo na bucetinha dela e digo:

– Eu disse sem reclamação essa é sua punição.

Ela fica quieta e começo a fuder aquele cuzinho com força, ela geme baixinho:

– anhee, que delícia vai vai vai.

Eu cada vez vou comendo mais forte e mais rápido e digo:

– Vou gozar dentro Paloma!!!

Ela diz:

– Vai come com força e goza quero sentir seu leite dentro de mim.

Continuo e gozo dentro bastante, chega a sair pela lateral do cu dela. Sento quase sem força na cadeira com meu pau dentro dela.

Ela me olha e diz:

– Seu safado, sabe me comer do jeito que eu gosto, por isso eu te amo.

Eu respondo:

– Por vc deixar eu fazer o que eu quero me esforço ainda mais pra te dar prazer.

Ficamos nos beijando e dps de um tempo ela diz que vai tomar banho se levanta e tira meu pau do seu cu. Eu mando ela voltar, e dou mais um beijo e seguro bem sua bunda e fico ali um pouco. Nisso ela pergunta:

– Vai deixar eu tomar banho??

Eu respondo largando a bunda dela:

– Deixo sim pode ir, só queria ficar mais um pouco com a minha gostosa.

Ela ri e diz:

– Acho bom eu ser a sua gostosa msm.

Eu digo:

– É a minha gostosa e de mais ninguém, agr vai tomar banho e não esquece que te amo.

Ela fica toda feliz e diz que ama também e vai pro banheiro.

Se passam algumas horas e ela diz que vai lavar a louça. Falo que vou ajudar ela daqui a pouco e ela diz que vai estar na cozinha.

Meu pau da sinal de vida novamente e fico u a 10 min antes de ajudar ela. Vou pra cozinha e ela está com uma regata, sem sutiã, e com um shortinho, simplesmente dou uma encoxada nela e aperto os peitos dela.

Ela suspira e diz:

– Aí maninho assim logo de surpresa, tô lavando a louça deixa pra depois.

Eu digo:

– Sei que vc adora que eu te pega de surpresa lavar a louça não é problema, vou te comer aqui msm.

Ela não fala nada e eu pergunto:

– Posso te comer??

Ela não fala nada só fica com a bunda mais perto e eu entendo o recado. Abaixo o shortinho dela que estava sem calcinha e vejo que está molhadinha.

Fico pincelando meu pau na sua bucetinha e digo no ouvido dela:

– Tá molhada do jeito que eu gosto, e hj vou gozar dentro de vc, minha gostosa.

Ela apenas geme e continua lavando a louça, eh coloco tudo de uma vez e ela geme alto.

– uuuuu, vai pode gozar dentro safado.

Eu começo a bombar rápido ela larga a louça se segura na pia e pede mais e mais rápido. Fico no vai e vem uns 10 min e digo que tô quase gozando. Ela diz:

– Eu já gozei duas vezes vai me faz gozar a terceira amor.

Ela nunca tinha me chamado de amor e isso me dá mais tesão então seguro bem ela e continuo, daí nós dois falamos:

– estou gozando!!

Eu fico por cima dela jorando minha poha na bucetinha dela. Ela fica com as pernas bambas e eu seguro ela. Eu digo:

– Agora vou te chamar de amor sempre Paloma, fiquei louco quando vc me chamou de amor.

Ela diz quase sem força:

– Tudo bem, só queria que vc soubesse que te amo muito meu amor.

Eu pego ela e dou mais um beijo, seguro ela pelas pernas e levo ela pro banheiro.

Falo que vou dar um banho nela porque vi que ela tava com a perna bamba. Ela sorri e diz:

– Pode me pegar de surpresa a hora que quiser amor. Adorei o jeito que me comeu na cozinha.

Meu pau fica duro de novo e eu pergunto:

– Qualquer hora msm??

Ela responde que sim e vou logo botando ela pra me pagar mais um boquete.

Depois do banho fomos pra sala e ficamos namorando um pouco e falando como a gente se amava, dei mais uns beijos nela e falei que nossos pais iria chegar. A gente volta a ser apenas irmãos e seguimos a noite como sempre.

(*) Nome fictício.

  • conto 9 meses atrás
  • Categorias: Incesto

Contos de Sexo Relacionados

  • Incesto 6 meses atrás

    Sexo com prima – Transa no Verão

    Há alguns dias atrás, começamos o ano, na primeira rapidinha do ano, mas foi apenas um aquecimento para a Transa (Com T maiúsculo) ocorrida dias depois. Em virtude de nossos relacionamentos, ficamos apenas...

    LER CONTO
  • Incesto 10 meses atrás

    Sobrinho safado me comeu

    Meu nome é Leila(*) tenho 36 anos casada, tenho corpo normal, seios médios, bunda grande, meio gordinha, mas chamo atenção. Eu e meu marido vivemos bem, bom relacionamento, sexo muito bom, nunca tive outro homem e...

    LER CONTO
  • Incesto 10 meses atrás

    Comi minha tia no motel

    Olá boa tarde, irei criar nomes fictícios para estes contos. Me chamo Pablo, tenho 24 anos. Minha tia Jane tem 30 anos e tivemos um caso! Como tudo começou.... Em uma certa noite estava publicando fotos no meu...

    LER CONTO
  • Incesto 1 mês atrás

    Virei putinha do meu tio

    Olá! Tenho 19 anos e virei a putinha do meu tio. Sou branquinha, magrinha, cabelos longos e negros, seios durinhos e uma bunda empinadinha muito gostosa. Meu tio, um homem alto, um pouco musculoso, de pele negra e...

    LER CONTO
  • Incesto 9 meses atrás

    Comi minha tia evangélica coroa

    Olá, me chamo Humberto(*) tenho 30 anos, solteiro... Esse conto é de algo que ocorreu alguns anos atrás, com minha tia Cristina(*). Minha tia é Evangélica de uns 50 anos bem enxuta, fervorosa, fiel ao marido,...

    LER CONTO

4 comentários para “Minha irmã deixa eu comer o quanto eu quiser

  1. Alec • 28 de abril de 2021

    Tesão do caralho, sou loko pra fazer incesto mas nunca pratiquei. Sou coroa quase cinquentão, saudável, honesto, educado, não sou super em nada, sou putão safado, ativo para ambo. Se vc quer exibir sua mãe, sua irmã, sua filha ou enteada maior de idade me chama aqui sigilo total e discrição
    xxxx

  2. Ruivinha • 7 de junho de 2021

    Vc é de onde? Quero te dar

  3. Claudinho • 9 de junho de 2021

    Quero comer vc ruivinha. meu zap xxxx chama la… cinquentão tarado por sexo

  4. Arthur • 20 de junho de 2021

    Uma vez esfreguei meu pau na bucetinha da minha irmã. Lembro até hoje daquele melzinho encharcando a buceta e os seios durinhos. Ficamos só na esfrega..

Deixe seu comentário

error: Content is protected !!