O dia que conheci o pau do meu cunhado

1 vote

Olá, tenho 1,55 de altura, 52 quilos bem distribuídos pq eu malho, coxas grossas e bumbum empinado e grandinho e tenho 32 anos. Vou falar sobre meu cunhado, um moreno, alto, nem gordo nem magro, ele é casado com minha irmã mais velha.

Vamos lá….. Conheço meu cunhado a muito tempo, mas nunca tinha notado como ele me olhava.
Então um dia conversando pelo zap ele disse que era doido em mim. E eu dei corda disse que queria dar pra ele.
Ele é caminhoneiro e chega cheio de fogo. Marcamos e veio me pegou disse que íamos passear. Fomos para o motel no caminho ficava me alisando, passando a mão na minha bucetinha.

Conhecendo o pau gostoso do cunhado

Entramos ele disse: agora você vai conhecer seu cunhadinho e vou matar minha vontade de comer a cunhadinha.
Me jogou na cama. Tirou minha roupa, beijou meu corpo todo. Fizemos um 69 maravilhoso. Me colocou de 4 e disse: vou colocar tudo e você que, aguente!

Eu estremeci. Quando ele soco sem dó, fui no céu. Puxava meu cabelo me chamava de vadia. Falava: vc é minha putinha agora e vou dar tudo que essa puta merece.

Me dava tapas e quando socava com força e aquilo me deixa com mais a tesão. Socava e gemia muito e eu tbm gemia e dizia: me come cunhadinho, mostra o que você  queria. Come a cunhadinha safada.

Depois deitou e disse: trepa aqui no pau do cunhadinho, cavalga gostoso.

E eu obedeci….. Pulava como uma cachorra. E ele pegava e chupava meus seios e batia na minha bunda.
Falava safadezas. E dizia que minha Buceta era muito gostosa. Disse: vai me dar sempre que eu quiser agora. Minha vadiazinha, putinha, piranha e vai dar só pra mim.

Ele gozou muito gostoso, mas pau dele queria mais, ele disse: o cuzinho agora, vou gozar dentro dele. Vc vai ficar cheia da minha porra.

Me colocou de 4 colocou lubrificante, e enterrou seu pau, doeu mais foi gostoso e começou a bombar. Era maravilhoso. Disse: vou socar até gozar e você vai aguentar.

Socava firme e forte, me fazia gritar e gemer eu gozei enquanto ele puxava me cabelo e dizia coisas safadas no meu ouvido.

Eu sentia as bolas batendo na minha bunda enquanto ele me arregaçava. Foi muito gostoso quando gozou de novo.

Ele foi ao banheiro e volto com pau limpinho e disse: agora você mama até eu gozar e você vai beber todo leitinho que sair, vem cachorrinha.

Eu mamei com maestria, até ele gozar não deixei nenhuma gota.

Tomamos um banho e me levou pra casa. Me disse: xau vadiazinha, depois de amanhã eu volto pra te pegar pra passear de novo e mais tarde venho fazer uma visita a noite. Se prepara pra mim.


  • conto 11 meses atrás
  • Categorias: Traição

Contos de Sexo Relacionados

Deixe seu comentário