Resolvir pegar o dono da academia e fazer o corno feliz

0 votes

Depois de ter uma experiência maravilhosa dando pra meu marido e o tio dele, viciamos!!!

Meu marido gostoso dizia sempre:

-Da essa Buceta na rua pra mim minha puta.

Eu ficava meio receosa mas como via a cada dia mais o desejo do meu homem e como uma boa puta que fica feliz em satisfazer o seu corno, tratei logo de achar outra pica.

O dono da academia vivia me comendo com os olhos e aquilo me deixava louca, então disse ao meu marido que iria dar pra o dono da academia, pra minha surpresa ele delirou de tesão e tivemos uma noite maravilhosa e selvagem.

Fudendo com o dono da academia

No dia seguinte tomei um belo banho, coloquei uma calcinha de renda fio dental e fui malhar no horário mas vazio da academia, logo quando subir o dono estava na recepção e me deu um bom dia com uma a cara de quero te comer, a academia foi esvaziando e ficamos só eu e ele, então pedi pra que me ajudasse no agachamento e ele segurou na minha cintura, logo sentir a pica dele bem dura então me virei e beijei ele, ele fechou a academia e me jogou de costa na parece beijando meu corpo tirou meu short e começou a me chupar alí mesmo.

Delirei… a adrenalina, o tesão de está ali com ele satisfazendo o desejo do meu corno. Fez com que eu ficasse cada vez mas molhada. Ele me chupava como se fosse uma fruta saborosa, abaixei e comecei a chupar devagar o pau dele, passando a língua na cabeça da pica dele, depois fui chupando devagar e acelerando conforme ele gemia, ele me disse:

-eu sabia que você era uma puta gostosa, que boca maravilhosa.

Me segurou pela cintura e me colocou em cima do aparelho de musculação, abriu minhas pernas e começou a meter bem gostoso a pica em mim, enquanto ele metia, ele dizia que não ia deixar de me comer nunca mais, ia perder aquela chupada e que meu corno ia ter que aceitar.

Quando estava perto de gozar, ele colocou na minha boca e eu engoli todinha, foi uma transa louca e gostosa mas na minha cabeça só imagina chegar em casa e contar ao meu corno o que aconteceu.

Fui pra casa, tomei um banho mas não escovei os dentes, queria que meu corno me beijasse e sentisse o que havia acontecido. Quando ele chegou do trabalho estava super excitada. Meu marido e eu como sempre transávamos muito, ele começo a me beijar e disse:

-que cheiro de pica é esse na boca?

E eu contei pra ele tudinho, no pé do ouvido dele, tudo o que tinha feito. Quanto mais eu contava, mais ele me beijava e mais gostoso me comia. Perguntei a ele se poderia continuar dando pra o dono da academia e ele disse que sim.

Nesse dia gozamos loucamente, e assim fiquei durante anos transando com o dono da academia e o mais importante, sendo a puta do meu corno e fazendo ele feliz.

Contos de Sexo Relacionados

Deixe seu comentário

error: Content is protected !!