Conheceu a gostosa na praia e transaram

2 votes

Fui passar as férias em uma pequena cidade do Sul, muitas praias lindas, pessoas bonitas, bem agradáveis. Estava no sossego!

Aluguei uma casa na beira do mar, era uma casa pequena, uma suíte, cozinha americana e uma varandinha bem aconchegante, a casa é alta, ficava mais gostosa ainda!

Fui conhecer a praia, bater perna, curtir o local….

Avistei um grupo de meninas, muito bonitas, educadas, como estávamos perto elas puxaram assunto comigo, uma delas disse:

– Oi, está a passeio?

Eu respondi:

– Sim, aluguei uma casa aqui na praia e vim descansar um pouco da cidade!

Nossa, a garota era linda, perfeita, eu olhei e me apaixonei na hora!

Conheceu a mulher e comeu ela na praia

Perguntei a ela:

– E vocês são daqui mesmo?

Ela abriu um sorriso lindo e respondeu:

– Sim, somos daqui, mas eu moro na cidade, fui estudar e agora estou trabalhando!

Humm, ela era uma nativa que queria mais pra vida dela!

Mas naquele momento ela me olhava fixamente, as outras também me olhavam, mas ela era diferente, algo nela me puxava!

Então fui pra cima, e a chamei pra ir comer algo comigo, à noite!

E ela aceitou…, mas lá e tudo perto, era local público, todos se conheciam.

Então fomos ao nosso encontro, ela chegou maravilhosa, cabelos com mechas loiras, grande, rostinho cheio de sardas, e vermelho do sol, olhos claros, ela estava com um vestido rodado, curtinho, por baixo um shortinho, estava muito sexy, exalando sexo!

Ela sentou e começamos a conversar, falamos sobre tudo, ela da vida dela e eu da minha, no final chamei pra ir conhecer a casa que eu estava.

Ela veio comigo, fomos caminhando pela praia, peguei na mão dela, depois peguei na cintura, e puxei pra perto do meu corpo, ela respirava fundo, mas calada, senti que podia seguir adiante e fazer o que eu quisesse, dei um beijo bem caloroso nela, e com as mãos pelo corpo, botei a mão por baixo e fique fazendo carinho, depois coloquei por dentro do short, nessa hora ela aumentou a respiração…

Peguei por cima da Buceta, e fui metendo o dedo enquanto a beijava, e ela aceitando tudo, peguei nos peitos, tirei pra fora da roupa e mamei, chupei os bicos, estavam durinhos.

Quando eu tirei meu pau pra fora ela se afastou, e disse que não queria, depois daquela putaria toda ela não queria mais, eu estava muito excitado, ela iria me deixar na mão, que raiva!

Então chamei ela e disse:

– Vou te acompanhar até sua casa, está muito tarde, não vou deixar você ir só!

Ela estava de cabeça baixa, acho que envergonhada, mas eu disse:

– Não precisa ficar assim, se você não está se sentindo bem, não tem que fazer nada!

Ela levantou a cabeça e me disse:

– Não é isso, é que nunca transei assim no meio do nada, me assustei um pouco!

E eu perguntei:

– Você quer terminar de fazer lá em casa?

Eu não queria desistir, tentei minha última chance!

E ela respondeu:

– Sim, vamos para um local fechado!

Nem acreditei, meu pau ressuscitou!

Ela me pegou de jeito, se ajoelhou e deu umas mamadinhas na piroca!

E fomos, chegando lá ela já tirou a roupa, a bucetinha tinha um bigodinho bem perto do pinguelo, comecei por ali, coloquei ela deitada de pernas abertas, e fui chupando a buceta, eu chupava e olhava pra ela, que me encarava e se contorcia de prazer, claro que eu não iria deixar de fazer carinho no cu dela, chupei também, acho que ninguém nunca tinha chupado, ela gozou na hora.

Depois de sexo na praia foderam na casa

A menina caladinha, gritava de prazer, é nessas horas que vemos as pessoas vulneráveis!

Eu perguntei:

– Você gozou gostoso?

Ela:

– Sim, nossa, foi a melhor da minha vida! Ainda bem que eu não fui pra casa!

Eu:

– Quer gozar mais?

Ela me olhou com os olhos brilhando, e falou:

– Tem como eu gozar mais??

Eu falei:

– Claro, é só eu te excitar!

E fui fazer tudo de novo, com maior prazer!

Quando vi que já estava bastante excitada, fui com o meu pau na boca dela, e disse:

– Já chupou um pau?

Ela toda safadinha respondeu:

– Já sim, mas um desse tamanho não!

Aquilo ali já me inchou, coloquei na boca dela e deixei ela comandar, depois segurei a cabeça dela e fui fazendo movimentos, quase entalo a safada, me empolguei!

Com a rola babando fui pra bucetinha, enfiei, tava apertadinha, mas bem molhada!

A garota fechou os olhos e suspirava, levantei às pernas delas e macetei, enquanto isso chupava os seios dela…

Ela gozou gostoso de novo, e eu aproveitei pra gozar junto!

Fomos tomar banho e dormimos de conchinha, no outro dia ela mesmo me chamou pra ir transar na varanda!

Ela ficou de quatro, enrolada em um lençol, acho q ela está perdendo algum medo de fazer loucuras…

Continuamos nos vendo até o final das férias!

Transavamos dentro do mar, na areia, na frente de casa, chegamos a nos masturbar no restaurante…a conexão era incrível, nos despedimos, mas estamos mantendo contato, nessas férias quem vem é ela, vamos fazer muitas loucuras aqui nessa cidade de pedra, mas quem disse que não estávamos nos satisfazendo enquanto isso?

A putaria rola solta pelo celular, imagens, áudios e ao vivo, chegamos um dia a fazer uma chamada de vídeo transando com outras pessoas, a outra se masturbava enquanto via, e o engraçado é que não tivemos ciúmes, será que nessas outras férias vai rolar com mais gente no meio? Tomara que sim, pois eu estou gostando muito dessas putarias!


  • conto 1 mês atrás
  • Categorias: Fetiche

Contos de Sexo Relacionados

  • Fetiche 1 ano atrás

    Minha mulher, eu e nosso amante

    Estava a ver uns videos de gajas fazendo massagens na próstata de gajos até eles se virem. É fabuloso, é das coisas que mais me excitam em sexo, seja com gajas ou com gajos, sendo eu a penetrar o cu deles, sejam eles...

    LER CONTO
  • Suruba 2 anos atrás

    Minha primeira dupla penetração

    Eu tive uma experiência incrível com dupla penetração e vou contar. Eu Tenho 26 anos meço 1,70, peso 65 kg. Tenho peitos enormes, e uma bunda durinha. Me casei aos 20 anos com meu marido. Quando nos casamos ele...

    LER CONTO
  • Fetiche 2 anos atrás

    Meu namorado e seus fetiches

    Vivi um relacionamento de muitos anos, parceiro esse que me entreguei a minha virgindade, depois de quase 20 anos de casada, vi que ali já não me cabia mais, acabou se o casamento, enfim estava solteira. Após...

    LER CONTO
  • Pornô 6 meses atrás

    Comi a melhor amiga da minha mulher

    Minha esposa Mariana é apaixonante, voz suave, elegante, olhar calmo, gentil, educada, está cursando mestrado no Rio de Janeiro. Ultimamente estamos conseguindo nos ver apenas aos finais de semana. Sua rotina é muito...

    LER CONTO
  • Fetiche 2 anos atrás

    Putaria com gelo

    Ela me amarrou na cabeceira da cama. Piranha safada! Quando eu menos esperava já tinha arrancado minha cueca e usou na minha cabeça pra tapar meus olhos. Ela é tão safada, como eu bem gosto, que não esperou eu...

    LER CONTO
  • Fetiche 2 anos atrás

    Aos pés da minha namorada (parte 1)

    Estou com ela a 2 anos, Beatriz (usando fictício para não expor minha rainha) sempre teve seu jeito autoritário e apesar de respeitar isso, quando necessário eu intervia em suas decisões, discutindo ideias para...

    LER CONTO
  • Fetiche 2 anos atrás

    Grávida desejando leitinho quente

    Oi gente, queria contar para vocês o que vêm acontecendo comigo durante minha gravidez. Tenho 26 anos, sou magra, cabelo comprido liso e castanho escuro. Sou branca de pele com várias sardas pelo rosto e pelo...

    LER CONTO

Deixe seu comentário