Fodendo com o garoto da balada

2 votes

Olá … tenho 26 anos, solteira, alta e com um corpo de academia.

A três meses estou sozinha, sem namorado, hoje acordei sentindo falta de uma companhia masculina, quando isso acontece sempre uso meu amigo inseparável….. O consolo.

Hoje não adiantou, não consegui gozar com ele, preciso mesmo é de um macho de carne e osso.

Comecei então a me produzir. Coloquei um vestido bem colado pra realizar minhas curvas, um salto alto, um perfume bem agradável e fui a caça.

Fui a uma casa de show que costuma estar sempre lotada com rapazes muito bonitos. Chegando lá pedi uma bebida e me aconchegando num canto fiquei observando as opções. Confesso que nenhum me agradou. Mais quem observa também é observado.

Sem que eu esperasse me surgiu um rapaz moreno alto com porte atlético e perguntou se podia me fazer companhia. Claro que disse que sim. Então sentou ao meu lado e começamos a conversar.

Ele tinha bom papo e era muito agradável. No meio da conversa começou o papo de namoro, falei que era sozinha e por coincidência ele também.

Já estava tarde e eu resolvi ir embora achei que não ia dar em nada. Ao me levantar ele se ofereceu pra me acompanhar. Claro que aceitei.

Uma foda bem gostosa com a garoto da balada

Quando chegamos na porta do meu prédio ao nós despedir ele perguntou se eu não ia convida-lo pra subir.

Na hora passou mil coisas na minha cabeça.

Peguei sua mão e o conduzi ao elevador. Quando abri a porta do apartamento ele já me agarrou e beijou minha boca.

Não perdi tempo, fui arrancando minha roupa e ele a dele. Em minutos estávamos nus. Quando olhei seu pau, fiquei admirada com o tamanho.

Era muito grande e grosso, tinha uma cabeça enorme e bem avermelhada. Fui logo de boca e chupei gostoso com todo meu desejo acumulado. Depois de um tempo peguei ele e levei pro quarto.

Chegando lá sem perder tempo ele me jogou na cama e subindo em mim apontou seu pauzao na direção da minha bucetinha. Eu já estava toda molhadinha e pronta pra ele. E falei que queria que ele me fudesse gostoso.

Sem perder tempo ele foi metendo e arrombando minha bucetinha com seu pauzao. Me sentia completamente preenchida com ele. Realmente era muito grosso.

Depois de um tempo ele me pegou e colocou de quatro passou a chupar meu rabinho, me deixando cheia de tesão. Quando ele encostou seu pauzao na portinha do meu rabinho e começou a forçar sua entrada foi uma maravilha. Senti meu rabinho se abrindo ao máximo e recebendo aquele pauzao todo dentro dele.

Ele bombou com força e acabou de estourar minhas pregas, mais estava uma delícia. Quando senti ele encher meu rabinho de leite gozei mais uma vez. Já estava com as pernas bambas de tanto gozar.

Nessa noite ele me comeu quatro vezes. Pela manhã combinamos a revanche. Mais aí é outra história.

Contos de Sexo Relacionados

  • Primeira vez sendo lésbica

    Olá, me chamo Alba(*). Tenho 25 anos e vou contar para vocês uma experiência que tive quando tinha 19 anos. Sempre fui muito sexual. Com muitos desejos e fantasias, porém minha timidez não me deixava realizar nem metade daquilo que pensava. Não somente a timidez, mas...

  • Irmão do meu marido come minha buceta e cuzinho

    Sou casada, ruiva de 1,63 cm, magra, 21 anos, e meu cunhado 33. Bom eu até esse dia não tinha olhando pra ele,  Fábio*, irmão do meu marido com outros olhos, até que um dia ele me deu uma carona, e no meio do trajeto me levou pra outro lugar, quando parou ele disse que me...

  • Um médico pra curar minha carência sexual

    Sou uma morena de 25 anos, treino Cross fit e tenho um corpo bem delineado, peitos pequenos e durinhos. Um bumbum avantajado e redondinho que chama a atenção onde eu estiver, justamente pq a cintura é fininha e as pernas grossas. Acabei meu namoro há cerca de 6 meses e por...

  • Amiga da minha mãe coroa me deu a bucetona

    Minha mãe tem uma amiga que sempre vem aqui em casa, uma coroa loira de olhos azuis, cabelo a altura dos ombros bem gostosa. Certo dia sai pra jogar um futebol, cheguei em casa 18:30 quando entro em casa dou de cara com ela, que estava bebendo umas cervejas com minha mãe,...

  • Dei a buceta para o novinho

    Sou Cecilia(*), tenho 40 anos, casada há dez anos e dois filhos. Há três anos eu e meu marido começamos a experimentar o mundo liberal. Já estivemos em casa de swing, mas apenas como observadores, e por fim, após o sexlog, já saímos com alguns singles. Confesso que é...

  • O dia que eu transei com meu professor

    Olá! Tenho 22 anos e faço faculdade de direito, tenho uma bunda grande e peitos normais. Meu professor, 45 anos, negro com um físico muito bonito. Eu já tinha percebido que nas aulas ele ficava me olhado diferente e eu como sou super safada olhava de volta. Um dia eu...

  • Fingindo que não conhecia minha namorada buceta

    Carinha de princesa e uma putinha na cama.. Assim eu descreveria a minha namorada. Se não fosse o suficiente pra dar tesão em qualquer um, ela ainda tem uma bunda grande e durinha, peitos médios e em pé, além de linda! Loirinha, de olhos claros e com um rostinho angelical...

  • Metendo rola na contadora da empresa

    Eu trabalhava numa empresa  e era responsável pelo CPD da empresa, então eu fazia os fechamentos mensalmente dos créditos e débitos de impostos, por essa razão eu tinha contato com a contabilidade. Numa determinada época a empresa contratou uma nova contabilidade e coube a...

Deixe seu comentário