Alargaram meu cuzinho

0 votes

Olá, tenho 20 anos, sou crista, discreta, baixinha, bunda grande , seios pequenos, e adoro uma foda casual. Fui num congresso de jovens com meu grupo, lugar lotado quase não tinha aonde sentar, procurei lugar e nada então fiquei de pé, senti que um rapaz me olhava e comentava com um colega ao lado, de repente o rapaz levantou e me cedeu o lugar, agradeci e fiquei até o término.

Meu grupo foi embora e eu fiquei pra trás, logo os rapazes me ofereceram carona, aceitei né, olhei os rapazes e logo pensei, que boca gostosa pra chupar minha bucetinha.

O outro era alto e já imaginei, será que tem pau grande?

Cuzinho arrombado por dois machos

Esse pensamento foi em segundos, entrei no carro e um deles sentou atrás comigo. Papo vai, pergunta se namoro, disse que só fico, aí ele colocou a mão na minha coxa e me deu um beijo, que delícia! Eu retribui!

Já veio com o dedo por debaixo da minha saia procurando minha Buceta, enfiou o dedo e pediu pra me chupar, liberei e ele afastou a minha calcinha e toma chupada na buceta, o que dirigia parou o carro numa rua deserta, inclinou o banco do carro e veio chupar meus peitos. O pau dele latejava na calça.

Pedi pra chupar, que pica grande e grossa.

Falei com eles vamos pro motel, eles concordaram, entramos no motel já no clima, eu toda molhada de tanto gozar na boca do do rapaz. Enquanto o outro só chupava meus peitos e eu de olho na pica dele.

O rapaz começou colocar na minha bucetinha melada e apertada, joguei um óleo que tinha na bolsa pra entrar melhor, deixei o óleo escorrer pro meu cuzinho e toquei uma no meu cuzinho. O outro viu e ficou doido, passou a língua no meu cu que piscava de tesão, e colocou a cabeça do pau duro, gostoso e grosso, entrava com dificuldade. Eu gemia com um comendo minha buceta, enquanto o outro falava baixinho pra mim, que cuzinho apertado hem, enquanto empurrava e pedia me fode! Me fode!

Foram mais de 4 gozadas no meu cuzinho, fizemos todas as posições possíveis até que meu cu sangrou e ele me deu um banho de porra, meu cuzinho tava totalmente arrombado, que foda gostosa, nos vestimos e eles me levaram em casa, sempre nos encontramos pra matar as saudades.

Contos de Sexo Relacionados

  • Corno 4 meses atrás

    Minha putinha fez rodizio de amigos

    Sou casado com Maria(*) há 21 anos. Tenho 44 e ela 40. Alguns anos atrás participamos de um curso de hidroginástica e fizemos ótimas amizades. A maioria dos participantes eram de pessoas de maior idade e eu e...

    LER CONTO
  • Corno 2 meses atrás

    Corno virei a empregada

    Esse conto começa retratando o desejo de todo corno, ver sua amada sendo possuída por outro garanhao na sua frente e comigo não era diferente. Meu nome é Guilherme(*) 29 anos, estava em início de romance com...

    LER CONTO
  • Traição 5 meses atrás

    No motel com o amigo da meu namorado

    Vinte e três anos, olhos e cabelo castanhos, cintura finíssima que contrasta com minhas coxas grossas, pés pequenos que apoiam uma mulher de 1,68 de pele branca. Meu nome, Luane(*). Tudo aconteceu com uma amigo do...

    LER CONTO
  • Pornô 6 meses atrás

    Putinha em busca de pau gigante

    Sou Laura* tenho 25 anos e sempre fui muito puta, sempre fui a loirinha gostosa e fácil, apesar de tentar ser discreta pq morava em uma cidade pequena. Quando vim fazer faculdade em na capital eu me libertei e passei a...

    LER CONTO
  • Contos Eróticos 3 meses atrás

    Recaída no escritório

    Olá, meu nome é Danielly(nome fictício), tenho 24 anos e trabalho com meu ex-namorado. Apesar de já termos terminado e hoje sermos ambos casados, ainda existe aquela chama que não se apaga, basta uma troca de...

    LER CONTO
  • Contos Eróticos 6 meses atrás

    Sonho erótico

    Sonhei que tinha ido fazer fisioterapia e lá chegando eu de cadeira de rodas encontro a fisioterapeuta com um vestidinho preto de alcinha na porta, ela me cumprimenta com um: -- Boa tarde seu M – ao que retruco --...

    LER CONTO
  • Novinhas 4 meses atrás

    Matando a vontade de um vovô

    Olá, meu nome é Mariana(*), me chamam de Mah, sou enfermeira a 1 ano e faço trabalho voluntário em um abrigo de idosos da cidade. Certo dia estava em casa de folga quando decidi visitar os meus velhinhos. Chegando...

    LER CONTO

Deixe seu comentário

error: Content is protected !!