Bati punheta vendo dois machos transando

0 votes

Eu tinha uns vinte anos, estava me descobrindo no sexo, já tinha transado com algumas meninas, tudo bem rápido, porque sempre era em carros ou becos, mas eu estava viciado em gozar, em casa era masturbação direto, assistia filmes pornôs pra dar aquela aprendida nas posições e tal, eu nem olhava beleza, se eu soubesse que a menina dava pra os caras eu ia lá e queria comer também, certo dia um vizinho lá da rua que eu morava me chamou, ele disse:

– Qualquer dia venha aqui pra gente conversar um pouco, vi que você está já um rapaz e precisa trabalhar, eu tenho um curso aqui que é legal aprender!

Me masturbei com tesão nos machos

Eu achei ele bem educado, gostei da atitude de querer ajudar e disse:

– Sim, será muito bom, vou sim, vamos marcar o dia!

Marcamos o dia, por ser um vizinho já antigo da gente e conhecer toda a família eu não vi mal algum, e no dia marcado fui, chegando lá ele me levou pra um quarto que tinha um computador, ele disse:

– Você já está com quantos anos?

Respondi que estava com vinte anos, e ele disse:

– Que bom que já é maior de idade, assim pode fazer o curso!

E fomos fazendo o curso de verdade, estava indo bem, o curso era legal e iria me abrir muita portas, ele uma pessoa que só me ajudava, nos tornamos amigos, e passava toda a tarde lá.

Chegou um dia que cheguei e ele tava chupando a rola de um homem, o homem estava apenas de camisa, com a rola de fora, dura e ele chupando, ele chupava e o homem gemia, depois vi que ele também metia o dedo no cu do cara, nessa hora o homem já estava de quatro, e ele preparando pra enfiar o pau nele, passou lubrificante, mas antes chupou muito, ele chupava com tanta vontade, que minha pica subiu, e eu estava com muito tesão, quando ele enfiou dentro no cu da rapaz que eu vi o prazer estampado na cara dos dois eu não resisti, tirei minha rola pra fora e comecei a masturbação, eu estava assistindo um Pornô gay ao vivo.

Eu não estava acreditando que aquela foda estava ne dando tanto tesão, eu queria parar e sair dali, mas meu corpo não obedecia, teve um momento que ele se deitou e o cara veio por cima, sentou na pica e começou a quicar, roçando e rebolando, depois se jogou pra cima e foi fazendo isso e beijando na boca, os dois sentados transando esse amando, e eu batendo a minha punheta, estava tão gostosa, por um momento eu quis estar lá no meio deles, não sei se eu iria dar o cu, mas comer eu iria com certeza!

Os dois se levantaram, e no meio da foda começaram a conversar, o cara pediu a ele que deixasse ele comer também o cu dele, e ele simplesmente ficou de quatro, abriu a bunda e disse:

– Mas primeiro dilate aqui, pode chupar bem chupadinha!

E ele chupou, chupou até quando ele mandou enfiar, disse que tava pronto, ele meteu sem pena e começou a comer rápido, o tesão era grande, parecia que nunca tinha visto um cu, não sei qual era o acerto, mas o cara gozou dentro dele, tirou a rola todo satisfeito e deitou na cama, mas ele não tinha acabado, faltava gozar, botou o carinha pra chupar e apertar os bicos dele, até ele gozar, quando terminaram, se beijaram e marcaram já o dia de fazer novamente, eu não entendi bem, mas o cara falou:

– Não vejo a hora de chegar o dia de eu voltar, doido pra gozar com você!

Bati bronha vendo homens foder

E ele disse:

– O que você disse pra sua esposa?

O cara falou:

– Disse que ia ver um jogo, e já já estava de volta!

E ele disse:

– Mas veio dar e comer um cu, você é bem malandrinho!

Nessa hora vi que o cara era casado com uma mulher,, mas gostava de ter relações com homem também, pela primeira vez eu não julguei, pois tinha acabado de gozar vendo dois homens foder, e não vou mentir, estava com vontade de estar lá no meio!


Contos de Sexo Relacionados

  • Pornô Gay 6 meses atrás

    O amigo do papai me comeu

    O conheci em uma festa de comemoração, creio que era de aniversário de algum conhecido de meu pai. Fomos eu, meu pai e minha mãe, lá pelas tantas meu pai me apresentou um amigo dele de longa data, quando ele serviu...

    LER CONTO
  • Pornô Gay 3 anos atrás

    Comendo o viadinho atrás do curral

    Meu nome é Nadson(*), moro na capital, mas até 20 anos morava no interior. Sou heterossexual, mas de vez em quando acabo comendo o viadinho que me der bola, sempre com sigilo e segurança. Sou casado, mas minha...

    LER CONTO
  • Pornô Gay 3 anos atrás

    Dei o cuzinho para os pedreiros

    Tenho 41 anos magrinho e macho! Moro em uma grande e precisava de reformas, pedi indicação a um amigo, falou do Victor*, no dia seguinte já liguei e marquei pra ele vir! Dia seguinte toca a campainha eram dois...

    LER CONTO
  • Pornô Gay 1 ano atrás

    Tesão Incontrolável pelo garoto

    Olá... tenho 45 anos e sempre fui heterossexual, até que conheci uma rapaz, ele trabalha como técnico de internet e veio concertar a minha internet. Era uma sexta feira, pela manha e ele chegou, estava com uma...

    LER CONTO
  • Pornô Gay 3 anos atrás

    Caminhada do leitinho

    Foi tudo tão rápido… Eu estava passeando com o meu cachorro pelo parque, era a primeira vez que eu de fato estava passeando naquele parque com o meu cachorrinho, eu já havia caminhado por ali algumas vezes, mas...

    LER CONTO
  • Pornô Gay 2 anos atrás

    Chupei o caseiro

    Eu já era cdzinha há um tempo, hoje tenho 41 anos, nessa época tinha 31, foi há alguns anos atrás. Eu tinha recém me separado da minha ex mulher, e morava numa casa bem grande, que além de morar, era meu trabalho...

    LER CONTO

Deixe seu comentário