O amigo do papai me comeu

0 votes

O conheci em uma festa de comemoração, creio que era de aniversário de algum conhecido de meu pai. Fomos eu, meu pai e minha mãe, lá pelas tantas meu pai me apresentou um amigo dele de longa data, quando ele serviu na marinha. Era um coroa com uns 50 e poucos anos, um corpo normal, levemente calvo, mas com uma cara de safado que de alguma forma me atiçou.

Mais tarde, eu ele nos encontramos ainda na festa e começamos a conversar, quando começamos a falar de putaria ainda em tom de brincadeira, e ele me saca o celular e me mostra um vídeo de amador de um coroa metendo em um rapaz… e o coroa, era ele!! Fiquei sem palavras ao perceber, ele sorriu e mandou um: “Gostou né?” Caindo em um gargalhada sarcástica… ele de costas e foi saindo.

Pelo final da festa, ele veio a mim e pediu desculpas, eu disse que estava tudo tranquilo. Ele então me propôs a ir na casa dele com outros amigos dele e os filhos dele, e mandou aquele sorriso, eu já sabia o que ele queria, e topei!

O amigo do papai meteu no meu cuzinho

No dia da festa, fiz questão de fazer uma chuca, e deixar bem lisinho, vai que… Porem eu estava com medo, afinal era um amigo de meu pai, e ele jamais esperaria isso de ambos.

Chegando lá, uma chuva chata, havia apenas mais 3 pessoas, bebemos batendo papo e eles foram embora pq a chuva aumentou, eu sem carro ele me convidou a ficar pois a chuva aumentou. Aceitei, claro! Sentamos no sofá ouvindo um blues e conversando sobre muitas coisas aleatórias, eu mesmo ja não acreditava que iria rolar algo, quando ele começou a falar de mulheres que transou, e começou a falar de uns rolos com Travestis e finalmente falou que adorava foder um cuzinho de um novinho, e olhando para mim perguntou se eu já dei o cu alguma vez.

Eu retruquei tentei fingir, mas ele so sorria e dizia que não precisava me envergonhar. Então ele tirou lentamente o pau da bermuda, eu me afastei um pouco, mas estava cheio de tesão… impossível resistir! Então ele pegou minha mão e botou no pau dele… eu apertei levemente e ele disse baixinho: “chupa”. Eu disse que não, mas ele com aquele sorriso pediu novamente, já botando todo aquela pica saborosa pra fora!

Não resisti e cai de boca chupando forte, ele retirou minha bermuda levemente e ficou acariciando meu cuzinho levemente com o dedo. “Lisinho né safada?” disse ele. Então levantou me botou de 4 igual uma cadela e deu uma linguada no meu cuzinho que eu quase gozei! Juro! Ele foi lubrificando, brincando, e eu doida pra ele meter aquela rola. Ele então foi passando a cabecinha devagar empurrando devagar… ele parou, e foi pegar camisinha e fiquei esperando igual uma cadela no cio, de 4. Ele trouxe mais lubrificante, lambuzou tudo metendo os dedos devagar, entao ele me segurou forte pela cintura e foi enfiando devagar a rola no meu cuzinho ate ficar só as bolas de fora.

Que delicia sentir aquele pau pulsando todo dentro de mim. Ele socava gostoso, metia muuuuito gostoso, me chamando de putinha, moça, e brincando se meu pai soubesse, o qual eu ficava com mais tesão.

Ele então me virou e me comeu em frango assado, que coroa gostoso, metia com vontade como se não houvesse amanha! Então eu pedi pra sentar, então ele me pôs no colo de costas pra ele, e sentei com vontade. Ele estava quase gozando e pedi para que ele gozasse dentro de mim, então fiquei de quatro e o chamei. Ele veio na vontade e me comendo de 4, gozou litros daquele leite gostoso escorrer devagar do meu rabo já deliciosamente arrombado e ele ainda metendo gozei tbm.

De manha, sem a chuva levantei cedo para ir embora, fui tomar banho e quando menos esperei ele já tava lá com aquela pica dura… e lá se vai outra foda gostosa no chuveiro.

Nos encontramos algumas vezes, ate ele sem mudar para outro estado com a família, e fatalmente perdemos contato… saudades!

Contos de Sexo Relacionados

  • Pornô Gay 8 meses atrás

    Comendo o viadinho atrás do curral

    Meu nome é Nadson(*), moro na capital, mas até 20 anos morava no interior. Sou heterossexual, mas de vez em quando acabo comendo o viadinho que me der bola, sempre com sigilo e segurança. Sou casado, mas minha...

    LER CONTO
  • Pornô Gay 6 meses atrás

    Sexo com um macho avantajado

    Vinha eu do trabalho na madrugada quando me deparei com um cara mijando no poste, parei o carro ao lado e fiquei observando, a rola do cara era grande e grossa, aquela visão me despertou um tesão enorme, pois tinha...

    LER CONTO
  • Pornô Gay 7 meses atrás

    Caminhada do leitinho

    Foi tudo tão rápido… Eu estava passeando com o meu cachorro pelo parque, era a primeira vez que eu de fato estava passeando naquele parque com o meu cachorrinho, eu já havia caminhado por ali algumas vezes, mas...

    LER CONTO
  • Pornô Gay 1 semana atrás

    Vadia servindo ao dono

    Sou homem, mas sempre tive a fantasia de ser a puta submissa de um macho. Há um pouco mais de um ano conheci no sexlog um homem com o perfil que procurava há anos. Um macho dominador, safado no sexo, experiente e...

    LER CONTO
  • Pornô Gay 4 meses atrás

    Fui seduzido, gostei e dei o cu

    Vou contar aqui uma aventura que vivi a quase dois anos... Vamos lá... Sou homem, casado portanto discreto... Numa sexta feira muito quente, por volta dás 16:30 hs, saindo do trabalho, eu me encontrava no...

    LER CONTO
  • Pornô Gay 4 meses atrás

    Pau cabeçudo e rosado

    A encomenda tinha chegado há alguns dias mas eu fiquei adiando o evento, nem sei o porquê. Veja, eu moro só e trabalho em casa, então passo muito tempo em um espaço que é só meu e isso me dá muitas liberdades. Eu...

    LER CONTO

Deixe seu comentário

error: Content is protected !!