O dia que me masturbei gostoso pensando na amante

1 vote

Oi meus amores, me chamo Rafaela (fictício), sou uma novinha gostosa de 19 aninhos recém completados. Tenho 1,61 de altura gordinha , coxas e peitos bem avantajados!

Venho aqui escrever meu primeiro conto de muitos, espero que gostem.

Era uma quinta-feira, acordei com os hormônios a flor da pele e como sempre fui a louca da masturbação sabia que seria um dia em que eu ia me acabar de tanto gozar com os dedinhos preciosos.

Segui meu dia normalmente, na rotina diária de serviço até que recebi a notícia da minha esposa, dizendo que eu ficaria sozinha em casa após meu serviço e claro que fiquei mega feliz, pois iria ter um momento sozinha em que eu iria poder me tocar e ir a loucura.

Me masturbando desejando minha amante

Passei o dia procurando dicas diferentes, posições novas ( eu estava muito louca de prazer mesmo). Chegou o final do dia e finalmente a hora de ir para casa, cheguei tomei um banho daqueles, me depilei fiquei bem lisinha, a bucetinha e o cuzinho, preparei a cama e coloquei uma música ambiente para começar entrar no clímax. Achei um gel massageador daqueles que esquenta, separei ele e me deitei.

Pronta para começar explorar o meu corpo nu, li alguns contos para ficar ainda mais excitada e dei início, peguei o gel e comecei acariciar meus seios que por sinal estavam no sinal de alerta por conta do tesão, eu mesma conseguia chupar eles, chupava, apertava, nesse momento já estava toda molhadinha e foi aí que comecei a pensar na minha amante, aí começou um misto de desejo por ela com tesão e vontade de fuder.

Deslizei meu corpo todo, acariciava cada parte dele até que cheguei na parte principal. Caralho, eu tava fervendo por dentro, minha Buceta e meu cuzinho piscavam e lógico estava muito molhadinha, comecei acariciar meu grelinho fazendo movimentos circulares, depois escorreguei o dedinho na entradinha dela e comecei a enfiar, bem gostoso.

Era um vai e vem maravilhoso, tava com muita vontade e era como se ela tivesse ali me fudendo loucamente.
Fiquei de quatro, como tinha visto as posições mais cedo e dei continuidade , meu cuzinho piscando pouco para ser explorado também comecei a colocar a pontinha do dedo (quase tive um orgasmo aí) comecei a colocar e tirar o dedo do cuzinho, era uma sensação maravilhosa. Eu já estava completamente entregue para o prazer, gemia, gritava e me fodia inteira!

Não parava um segundo até que vi que iria gozar, aumentei o ritmo até que gozei ( gozei muito por sinal) escorreu gozo, da minha bucetinha e do meu cuzinho.

A todo momento pensava nela e na minha esposa era uma loucura e por fim terminei acabada, gozada e realizada!
Só de escrever e lembrar eu fiquei molhadinha, chegando em casa a primeira coisa que farei é me tocar bem gostoso.

Espero muito que gostem, sou uma vadia gostosa que adora loucuras.

Contos de Sexo Relacionados

Deixe seu comentário

error: Content is protected !!