Roçando com a amiga da minha irmão

0 votes

Estava em casa sem dormir, a falta de sono estava me deixando louca, fazia de tudo, chá, remédio, mas só cochilava. Isso tudo aconteceu depois que a amiga da Minha irmã veio aqui na nossa casa, uma garota linda, educada, cheirosa, aquele tipo de mulher que deixa qualquer um encantado, e me deixou, fiquei apaixonada, e não conseguia disfarçar, então perguntei a minha irmã:

– Sua amiga é do nosso babado?

Mina irmã também é lésbica, por isso achei que a garota disse também, mas ela me respondeu:

– Que eu saiba não, ela nunca demonstrou nada, fica com homens e tudo.

Amigas lésbicas fazendo sexo

Desanimei um pouco, mas não perdi as esperanças, perguntei a minha irmã:

– Ei, será que ela aceitaria vir aqui?

Minha irmã não entendeu nada e disse:

– Mas vir aqui com que desculpa?

Eu disse:

– A gente pode marcar de assistir um filme, chama ela e mais duas meninas!

Ela disse:

– Pode ser então, vamos lá, vou chama- lá, boa sorte!

Eu ia com tudo pra cima, pra perceber se ela estava afim também, porque não iria forçar nenhuma barra!

Eu sou uma mulher muito bonita, cabelos longos, bem tratados, corpo definido, sorriso perfeito, gosto muito de me cuidar, visto roupas descoladas…minha irmã falou com ela e veio me contar:

– Falei com ela, chamei pra vir, eu disse que você que tinha mandado convidá-la pra um sessão de filmes! Risos!

Eu gelei e disse:

– E ela, qual a reação, o que falou, aceitou?!

Minha irmã rindo disse:

– Acalme-se garota, vou te contar, quando eu falei ela parou um pouco e pensou, depois me olhou e perguntou se você era lésbica também, digo também porque ela sabe que eu sou, né?

Eu disse:

– E você o que falou?

Ela disse:

– Falei a verdade, disse que sim, ela já sabe, se ela vier e porque ela quer dar pra você, espere e veja!

Fiz sexo com minha amiga lésbica

Fiquei muito feliz, nervosa e ansiosa, se ela vier hoje eu vou chupar Buceta!
Chegou a noite, me arrumei e fiquei sentada no sofá, a campainha tocou, fui correndo atender, adivinhem, minha delícia tinha chegado, eita que pedaço de mal caminho, a cumprimentei com dois beijos, bem pertos da boca, senti o gostinho do lábio, arrepiei, ela ficou meio sem saber o que falar e disse:

– Vim assistir o filme, sua irmã me deu o recado!

Eu então liguei a tv, e disse que as outras pessoas estavam atrasadas, começamos o cinema, escolhi um filminho romântico. Fui de mansinho, colocando as mãos nas pernas dela, pra explorar o local, vê a reação, ela estava dura, não disse nada, fui mais fundo, e botei a mão na buceta dela, senti bem quentinha, molhada, quando ia enfiar o dedo ela disse:

– Você é afoitinha, hein, já quer começar pela buceta?

Já me liguei que ela queria uma coisa mais quente, mais devagar, fui então para os peitinhos, hum, durinhos, biquinho empinado, passei a mão, apertei, e fui mamar, tirei eles pra fora da blusa e mamei que a gostosa gemeu.

Eu perguntei a ela:

– Você já ficou com mulher?

Ela respondeu:

– Não, nunca senti atração, essa é a primeira vez que me sinto atraída e resolvi deixar rolar, viver o momento e sentir prazer, porque não, né?

Ela falando e eu indo beijando os peitos dela, descendo pra a buceta, chupando, chupando, chegando lá eu quis fazer algo especial, então abri as pernas dela, olhei fixamente pra buceta, comecei a beijar e sugar, depois passei a língua nela toda, essa mulher só não me chamou de bonita, mas, falou muito palavrão, e se tremeu toda!

Continuei, falei:

– Que buceta gostosa, tô amando chupar ela, você tá gostando?

Ela estava entregue, o que eu fizesse ela iria concordar e aproveitar!

Ela disse:

– Se eu soubesse que era tão bom já teria aberto as perna pra você há muito tempo! Agora fica caladinha e me chupa!

Olha, teve atitude, pediu pra eu calar a boca e continuar satisfazendo ela, eu continuei, mas também coloquei meus dedos dentro dela, fiz uma siririca, nesse a gente se beijou, que beijo bom, boca gostosa, a gente estava quente, pegando fogo, ela deu uma saidinha, começou a se movimentar, pegou nos meus seios, chupou, desceu pra minha buceta, chupou também, meteu os dedos. Ela estava muito excitada, e eu também, mas resolvi não ultrapassar esses limites, falei a ela:

– Vou colocar você pra gozar no oral, depois você me faz gozar também!

Ela disse:

– E a roçadinha?

Eu disse:

– Você quer?

Ela:

– É só o que eu estou esperando, chega estou piscando!

Eu fui com tudo pra cima dela, deitamos e começamos o movimento, eu por cima roçando muito, ela ofegante, gemendo, abri as pernas dela e cruzei com as minhas, nossas bucetas estavam juntinhas, sentindo prazer!

Ela disse:

– Nunca imaginei que seria gostoso desse jeito, melhor que pica! Uii, aii, vai mais rápido!

Eu disse:

– Você não viu nada, se você quiser eu te ensino e proporciono mais prazer em você!

Ela:

– Tudo que eu quero!

E assim gozamos juntas, se roçando e beijando na boca!
E nunca mais fiquei sem sono, pois toda noite durmo relaxada depois de transar com minha delicinha!


Contos de Sexo Relacionados

  • Lésbicas 2 anos atrás

    Fudendo com minha amiga da faculdade

    Oiii.... tenho 22 anos sou morena, de cabelos lisos na cintura, tenho 1,67, e uma bunda enorme! Muito elogiada, diga-se de passagem. Minha amiga, tem 21, loira  de cabelos lisos e longos, magrinha de peitos grandes! E...

    LER CONTO
  • Fetiche 1 ano atrás

    Namoro de pés e muito tesão

    Bem, é uma história que deverá agradar bem poucos. Pelo menos eu acho que sim, porque não parece ser algo popular, aquele tipo de caso que cai na graça do povo. Mas para mim vale como um filme, como um acontecimento...

    LER CONTO
  • Buceta 9 meses atrás

    O trisal de meninas safadas

    Nunca me assumi, mas quem me conhece sabe que sou lésbica, meu estilo é bem básico, não curto essas arrumações de maquiagem e tal, no máximo um batom e tá ótimo, sou tímida, acho que sempre ninguém está...

    LER CONTO
  • Lésbicas 4 meses atrás

    Chupei a buceta da minha irmã

    Olá, me chamo Milena(*) tenho 24 anos, sou de pele morena, cabelos pretos passando dos ombros, 1,70 e tenho um corpo atraente, bunda e seios desejados. Estava morando com um cara que não me deixava faltar nada na cama,...

    LER CONTO
  • Lésbicas 3 anos atrás

    Primeira vez sendo lésbica

    Olá, me chamo Alba(*). Tenho 25 anos e vou contar para vocês uma experiência que tive quando tinha 19 anos. Sempre fui muito sexual. Com muitos desejos e fantasias, porém minha timidez não me deixava realizar nem...

    LER CONTO

Deixe seu comentário